19/02/2012 às 11h44min - Atualizada em 19/02/2012 às 11h44min

Ultrassom nega aborto da jovem que se assustou com rottweiler

Olhar Direto
Tv Serra Azul

A garota de 16 anos, que imaginou ter tido o feto devorado por um cachorro rottweiler, continua grávida. Na manhã desta sexta-feira (17), a delegada Azuen Albarello esclareceu que a adolescente G.S.S.G não perdeu o bebê e que teve apenas um desmaio seguido de um sangramento quando o cão invadiu o quintal da casa dela em Aragarças-GO, na divisa com Mato Grosso, terça-feira (14).

A jovem desmaiou com o susto que teve ao avistar o cão rottweiler e, depois de voltar a si e constatar que tinha tido um sangramento, passou a supor que sofrera um aborto espontâneo. Como estava gestante de apenas de cinco semanas, no primeiro exame médico não se constatou nenhuma gravidez - o que gerou o mal entendido; somente depois da realização de uma ultra-sonografia foi confirmado que está tudo bem com o bebê, para alegria da família da jovem.

A delegada acredita que a jovem ficou impressionada pelo sangramento que teve e pode ter fantasiado essa história. O esposo da garota, Leandro da Silva, de 19 anos, também um jovem com pouca experiência, chegou a chamar a polícia para relatar a hipótese que foi divulgada desde o início. O rottweiler foi recolhido pela fiscalização e o proprietário acabou pagando uma multa pelo fato de ter deixado o animal à solta pelas ruas da cidade.

O mal entendido foi desfeito durante entrevista coletiva da delegada Azuen Albarello na manhã desta sexta-feira. A Polícia Civil pediu a prefeitura o acompanhamento médico da jovem. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%