15/02/2012 às 15h53min - Atualizada em 15/02/2012 às 15h53min

PT proíbe alianças com PSDB, PPS e Democratas nas eleições de outubro

Olhar Direto
Reprodução

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) proibiu que o partido faça aliança com PSDB, PPS e DEM nas eleições municipais de 7 de outubro. A orientação ficou clara durante encontro nacional do partido, semana passada, em São Paulo, com a presença da cúpula petista e da presidenta Dilma Rousseff.

A decisão se deve ao fato dos partidos mencionados serem de oposição ao governo da presidenta Dilma, porém pode causar desconforto em alguns muncípios brasileiros. É o caso de Aragarças-GO, de 19 mil habitantes, na divisa com Mato Grosso, onde o prefeito Marcos Antônio é do PT e tem como vice-prefeito Expedito Leão(DEM).

Os dois partidos já planejavam marchar juntos na eleição deste ano repetindo a dobradinha com Vladimir Marcelo (PT) a prefeito e o médico José Pereira Leão (DEM) ou o vereador Isac Victor (PPS) a vice, outro partido vetado pela cúpula petista.

Para não perder o apoio da família Leão, Marcelo, que é secretário de Saúde, pode convidar para vice o vereador Nego Leão (PR) ou Léo Leão (PMDB) que são de partidos aliados do PT. Entre os aliados, está o PMN de Arthur Albuquerque.

A restrição petista, pode levar o PPS de Isac para o lado do pré-candidato a prefeito Aurélio Mendes (PSDB). Outro que pretende disputar a prefeitura da cidade goiana é o polêmico padre Alberto Pereira (PCB). 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%