26/04/2011 às 20h55min - Atualizada em 26/04/2011 às 20h55min

Governo avalia possibilidade de assumir obras do PAC em Cuiabá e Várzea Grande

A reunião aconteceu nesta terça-feira (26) no Palácio Paiaguás

THIAGO ALMEIDA / Secom-MT
Assessoria

Após reunião realizada terça-feira (26.04) no Palácio Paiaguás, o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, chegou a um acordo junto aos prefeitos de Cuiabá, Francisco Galindo, e de Várzea Grande, Tião Zaeli, para solucionar efetivamente os entraves nas obras que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nos municípios.

Em audiência com representantes da Caixa Econômica Federal, das procuradorias Gerais do Estado e de Cuiabá e Várzea Grande, e o secretário de Estado de Cidades, Nico Baracat, foi definido que o Governo do Estado passará a ser o responsável pelo cronograma de obras que, sob responsabilidade das prefeituras, estão paradas desde 2007 em Cuiabá. Em Várzea Grande, as obras pararam em 2009.

De acordo com o governador Silval Barbosa, todas as tratativas necessárias junto aos prefeitos já foram feitas, restando apenas a articulação junto ao Ministério das Cidades, no sentido de estudar as viabilidades legais para que o Governo passe a gerir as obras. “Chegamos a este consenso, dispostos a assumir este pleito, com a condição apenas de que as obras sejam licitadas novamente pelo Governo do Estado, que precisam passar por uma correção de planilha devido ao atraso na execução”, destacou.

Silval Barbosa afirmou que em breve fará uma reunião de trabalho com a equipe jurídica do Ministério das Cidades para solucionar a questão. “O Estado aceita o acordo mediante à prorrogação do prazo de entrega das obras estipulado pelo Governo Federal. Não podemos perder estes recursos, por isso estamos fazendo esta intervenção”, declarou.

O governador destacou que a ação faz parte da preocupação do Governo em agilizar as obras, que trarão melhoria na qualidade de vida da população de Cuiabá e Várzea Grande. “O nosso interesse é não prejudicar a sociedade”, finalizou.

Para o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo a ação mostra sensibilidade do Governo em atender o pleito dos municípios que estão com dificuldades para concluir as obras. “O Governo do Estado está preocupado com a questão e queremos uma resolução rápida do assunto. Vamos fazer em breve uma visita ao Ministério para discutir a questão. Silval demonstrou estar à disposição da comunidade cuiabana”, declarou.

O prefeito de Várzea Grande, Tião Zaeli, vê o acordo com bons olhos. “Achei o encontro muito produtivo. Estamos todos unidos para dar continuidade a estas ações. Percebemos com este ato que o Estado está de olho no bem estar da população de Várzea Grande”, disse.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.9%
17.6%
76.5%