29/01/2012 às 12h29min - Atualizada em 29/01/2012 às 12h29min

Estado regista quatro suicídios entre índios em um mês

Olhar Direto
Reprodução

Um índio que trabalhava como guarda se matou usando uma corda em Santa Terezinha, a 1.165 km de Cuiabá. Este é quarto caso de suicídio em menos de um mês na região Norte Araguaia. O indígena pertencia à aldeia Macaúba.

Já na aldeia Isabel do Morro, da etnia Karajá, em São Felix do Araguaia, um índio também tentou contra a própria vida usando um pedaço de corda, mas foi impedido. As autoridades estão apurando os motivos que estão levando os índios à depressão e a tentativa de suicídio.

Enquanto não se descobre a causa, há uma campanha na região para que comerciantes parem de vender bebida alcoólica e até mesmo cordas para os índios.

Outro registro triste é com relação a violência sexual contra índias, em que moças das aldeias acabam se prostituindo. O consumo de drogas também já chegou nas aldeias com notícias de jovens que usam maconha, cocaína e até mesmo gasolina com creme dental.

Na região de Barra do Garças, a situação não é muito diferente com um número cada vez maior de índios freqüentando bares na cidade e até mesmo consumindo drogas. Nas aldeias, a etnia Bororo é que a mais sofre com o alcoolismo, muito comum até mesmo entre as crianças.

Com informações O Repórter do Araguaia  


Notícias Relacionadas »
Comentários »