27/01/2012 às 15h42min - Atualizada em 27/01/2012 às 15h42min

Taques nega candidatura; só é postulante a "bom senador"

Olhar Direto
Reprodução

O senador Pedro Taques, ao ser perguntado se será candidato a governador em 2014 diante da decisão de Mauro Mendes em ser candidato a prefeito de Cuiabá, disse que é "candidato a ser um bom senador da República”. Foi assim que o pedetista evitou encarar de frente a pergunta do momento: se existe um acordo entre os dois, mediante o qual Mauro Mendes (PSB) seria candidato a prefeito de Cuiabá este ano e ele (Taques) sairia candidato ao Governo do Estado em 2014.

O senador respondeu a todas as perguntas e deixou claro que ainda não existe um plano nesse sentido. Ele afirmou que o futuro da coligação Mato Grosso Muito Mais depende do que Mauro Mendes decidir. Taques disse que o empresário fez uma boa campanha e tem nome para concorrer à prefeitura agora ou, de repente, esperar para ser candidato da oposição ao governo em 2014. “Depende dele, meu projeto é ser um bom senador”, destacou.

Pedro Taques é cotado para ser candidato ao Governo até mesmo entre seus adversários, devido ao destaque que teve no Senado Federal no desempenho de seu primeiro ano do mandato de senador, e ainda pelo fato de ter mais sete anos pela frente no Congresso.

Na parte da manhã o senador participa de uma reunião no Pontal. A tarde cumprirá um compromisso em Barra do Garças, onde atenderá a imprensa. À noite, ele será padrinho das turmas da faculdade Cathedral a convite do advogado Sandro Saggin (PSB). Na sexta-feira, o senador irá a General Carneiro, onde encontrará o pré-candidato do PDT a prefeito, o jornalista Antônio Borges Neto, conhecido Netão.

Os dois pré-candidatos a prefeito de Barra do Garças da coligação: Eduardo Moura (PPS) e Sandro Saggin (PSB) estão ao lado do senador que ainda acrescentou o nome do empresário Ubaldino Resende (PDT) para um prévia para definir quem será o candidato da coligação. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »