21/01/2012 às 13h07min - Atualizada em 21/01/2012 às 13h07min

Baixo assinado pede voos comerciais para Barra do Garças

Noticias NX
Noticias NX

O avião surgiu para integrar nações, aproximar povos e culturas. Com o desenvolvimento dessa máquina foram se criando cada vez mais utilizações diversificadas, entre elas, o setor turístico.

O Turismo é um dos maiores divulgadores da cultura de um povo e não pode ser "consumido" sem que o seu usuário visite o local. Não se pode fazer turismo via internet, através de livros e revistas, mas apenas e tão somente, visitando-se o local. Por essa razão, a correlação de turismo, viagem e transporte aéreo é fundamental e não se pode dissociar um do outro. Não há como falar de turismo sem falar em transporte.Leia Mais...

O Turismo é ainda a maior fonte geradora de receitas em desenvolvimento sustentável, usuário de grande contingente de mão de obra e, portanto, gerador de emprego, e ainda é uma indústria considerada não poluente.

A atividade turística local pode ser entendida como sendo o deslocamento de pessoas para desenvolver negócios, estudos, tratamentos de saúde, visitas e eventos familiares ou ainda para puro lazer.

Barra do Garças é uma cidade Polo Educacional e possui neste momento um número aproximado de 5.000 alunos, obrigando setores a uma adequação ou até mesmo criação de serviços e produtos para atender a esse novo e flutuante público.

Por apresentar um reconhecido efeito multiplicador sobre a atividade econômica, a prestação de serviço aéreo regional proporciona às comunidades atendidas a realização de negócios e serviços e a indução do turismo, podendo contribuir para o crescimento sustentável de uma região e a alavancagem das oportunidades de trabalho e da qualidade de vida.

Gostaríamos de receber o vosso apoio para efetuarmos um Abaixo-assinado junto às Companhias Aéreas (AZUL, TRIP, PASSAREDO, SETE e outras) solicitando uma "Linha Aérea Comercial Regular" em Barra do Garças.

ASSINAR

Nota:

O turismo em números – Em julho de 2011, foi registrado no Brasil recorde de 7,4 milhões de embarques e desembarques em voos domésticos – crescimento de 22,05% em relação ao mesmo período de 2010, com 6 milhões de movimentações. E a expectativa do mercado segue em alta: segundo pesquisa do Ministério do Turismo, realizada pela Fundação Getúlio Vargas, viajar nos próximos seis meses está nos planos de 33,7% dos pesquisados; 65% desses potenciais viajantes pretendem fazê-lo de avião, 86,1% deles, acompanhados.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »