25/01/2015 às 17h01min - Atualizada em 25/01/2015 às 17h01min

Índios estão acampados aguardando abertura de nova aldeia no Araguaia

Clodoeste Kassu, Água Boa News
Água Boa News

Apesar de a movimentação indígena na cidade de Água Boa ser intensa até a poucos anos existia no município apenas duas pequenas comunidades indígenas a Aldeia Babaçú e Tripá da Terra Indígena Areões que a maioria do seu território é no município de Nova Nazaré.

 Há cerca de cinco anos um grupo de índios da aldeia Babaçú liderados pelo ex-cacique Luizinho fundaram a Aldeia Água Quente entre as duas aldeias já existentes desde a demarcação da área, daí a terceira Aldeia em território aguaboense.

No ano passado cerca de 80 índios da aldeia Maireá município de Nova Nazaré (que ainda tem uma população estimada em 300 indivíduos), atravessaram o rio Borecaia (que divide os dois municípios) e se instalaram provisoriamente a cerca de 1 km da BR 158 á 27 km de Água Boa no limite territorial da reserva com as fazendas.

 O vice-cacique Sulivan Xavante recebeu com muita simpatia o Água Boa News e informou que estão acampados provisoriamente no local esperando a prefeitura abrir a estrada até um local entre os Rios Bacaba e Borecaia, a 6 km à frente, onde foi previamente escolhido para ser instalada a nova aldeia denominada Serra Nova.

A comunidade indígena tanto da Terra Indígena Areões (Água Boa/Nova Nazaré), como Pimentel Barbosa (Canarana/Ribeirão Cascalheira), ultimamente tem buscado se dividirem em aldeias familiares em busca de mais harmonia entre si e ocupação mais racional do território e melhor qualidade de vida.


Notícias Relacionadas »
Comentários »