26/12/2014 às 17h46min - Atualizada em 26/12/2014 às 17h46min

Mototaxista entra em luta corporal e prende ladrão durante assalto em Barra do Garças

Ronaldo Couto
Tv Serra Azul / André Luís

Um ato de coragem, mas também de grande risco o que aconteceu com o mototaxista de Barra do Garças Divino Rodrigues Borges, 45 anos, que reagiu a um assalto e lutou com o suspeito por vários minutos. Esse fato aconteceu por volta das 11 horas da manhã de sexta-feira (26). 

Divino pegou uma corrida para o distrito de Voadeira e no caminho o passageiro Reginaldo de Jesus de Oliveira, 36 anos, anunciou o assalto e pediu para o mototaxista andar mais rápido em direção ao distrito.

A vítima temendo o desfecho da situação, no km 6, viu um caminhonete vindo no sentido contrário e nesse momento ele parou a moto no meio da estrada e começou a lutar com o bandido.

Na caminhonete estava um idoso que não pôde ajudar, mas logo passou outro rapaz numa moto que viu a situação e ajudou ao mototaxista que pediu socorro. O suspeito foi dominado e amarrado.

“Esse se deu mal porque achou alguém com mais coragem. Eu fiz isso porque fiquei com medo dele me matar e então reagi. Graças a Deus apareceu um rapaz que me ajudou porque eu já estava ficando cansado na hora da luta”, conta o mototaxista.

Foi coragem e muito risco porque o ladrão já estava vencendo a luta, mas para sorte do mototaxista apareceu um jovem para ajudá-lo. O ladrão foi levado para uma chácara amarrado e entregue a PM.
“Foi uma ação de coragem da vítima, todavia não é aconselhável ninguém reagir em assalto. A sorte da vítima é que o suspeito não estava com armado, caso contrário teria um desfecho triste. Não devemos reagir em assaltos”, explica o tenente Emerson, oficial de dia da PM.

Já na central de atendimento, a PM apurou que Reginaldo tem um mandado de prisão em aberto por tráfico em Barra do Garças e provavelmente queria pegar a moto do mototaxista para fugir.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.7%
17.2%
77.0%