20/12/2014 às 16h48min - Atualizada em 20/12/2014 às 16h48min

Civil faz busca e apreensão em casa de agrimensor a procura de documentos sobre falsificação no Intermet

Ronaldo Couto
Araguaia Noticia

Uma operação surpresa da Polícia Judiciária Civil foi realizado na mahã de sábado, 20/12, em Barra do Garças. Entre os mandados de busca e apreensão cumpridos pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) sob comando do delegado Wilyney Borges Santana está um na casa de um agrimensor que pode estar envolvido nesse esquema. 

A polícia está a procura de provas de falsificações de escrituras de terras do Intermat, que eram dadas como garantias, para obter empréstimos em instituições financeiras.

Na semana passada, Walmir de Souza de Primavera do Leste foi detido quando estava no cartório de 1º ofício e apresentou uma escritura falsa com objetivo segundo a polícia de dar a área como garantia para obter empréstimo de R$ 3 milhões.

O delegado adiantou que essa operação de sábado é conseqüência daquela prisão. “Eu ainda não posso adiantar nada porque estamos investigando falsificações de áreas do Intermat”, explicou o delegado da Derf de Barra.

O nome do agrimensor não foi divulgado porque ainda não tinham encontrado 'elementos' que o ligasse as fraudes investigadas. Mais detalhes segunda-feira, 22/12 no Araguaia Notícia e Tv Serra Azul.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.5%