09/12/2014 às 14h00min - Atualizada em 09/12/2014 às 14h00min

Prefeito diz que Funai está travando obras de asfalto da MT 100

Agência da Notícia
Agência da Notícia

O prefeito de Luciara, Fausto Azambuja, fez uma avaliação dos dois anos de mandato no município, e falou que avançou no quesito humanizar o atendimento público, “nos dedicamos cuidar das pessoas de Luciara, nestes primeiros dois anos de mandato, e temos certeza que isso conseguimos”, disse.

Ele afirmou ainda que pegou o município com mais de um milhão de dividas, e isso atrapalhou a conquista de convênios para o município, “tivemos que trabalhar para arrumar a casa, e como somos um município pequeno, isso dificultou um pouco no inicio, mas estamos quitando as dividas, estamos pagando os funcionários, e temos certeza que os próximos dois anos serão melhores”, afirmou.

Faustinho disse ainda que o município tem várias obras em andamento no governo federal para começar, com a construção da orla, escolas municipais e abastecimento de água para o município, “estes convênios estão bem adiantados para começar ano que vem no município, passamos os dois primeiros anos correndo atrás desses recursos, somos um município pequeno, e não é bem visto entre a classe política, por que temos pouco eleitores, mas em 2015 vamos estar colhendo o que plantamos”, disse.

Ele disse também que o município tem oferecido diversos cursos para a população para que eles sejam preparados para o dia a dia, principalmente na hora de receber o turista.

Sobre o MT Integrado, Fausto disse que a obra foi licitada, a empresa já está contratada para fazer o asfalto da MT 100, ligando Luciara ao entroncamento, porém a Fundação Nacional do Índio tem travado as obras.

Segundo ele as obras têm um limite de entorno de reserva, e a MT 100 passa ao lado de uma reserva indígena dos Carajás, “os próprios Carajás já assinaram um documento querendo a obras, pois eles utilizam a estrada para sair, precisam dela quando ficam doentes, vai diminuir o valor do frete, do alimento, vai trazer mais turista”, disse ele falando da importância da obra para o município.

Ele disse esperar que o Pedro Taques (PDT) dê uma atenção maior para essa questão, diferente do Silval Barbosa (PMDB), “espero que ele nos ajude a resolver essa situação, se for preciso locamos um ônibus e levamos o pessoal até a Funai para cobrar essa estrada”, afirmou.

Faustinho concluí dizendo que espera do novo governador que não atrase os repasses da Saúde, pois o município está atrasado com o Consorcio Regional devido os atrasos do governo estadual, e espera que Taques não deixe isso acontecer.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.7%
17.2%
77.0%