08/12/2014 às 14h24min - Atualizada em 08/12/2014 às 14h24min

Justiça determina a prisão de comerciante pivô de escândalo

Agência da Notícia
Reproduçâo

A justiça de Mato Grosso no dia 04 de dezembro decretou a prisão preventiva do comerciante, Osvaldo Paz Domingues, investigado pela polícia local como sendo o pivô de uma transação de mais de R$ 3,5 milhões na compra de gado com dinheiro público.

Ele é o principal pivô do escândalo de suposto corrupção na Prefeitura de Santa Bárbara Do Oeste (SP) durante a gestão do prefeito Mario Heins (PDT), que chegou a ser afastado em 2012 por improbidade administrativa.

Domingues é acusado de furtar gado em meio a uma parceria comercial que mantinha com Walter Jorge Paulo Filho, proprietário da Forty Construções e Engenharia, que mantém contrato com a prefeitura barbarense. O comerciante denunciou ao MPE (Ministério Público Estadual) suposto desvio de dinheiro público para compra de boi entre Filho e Heins no Mato Grosso.

Já em 2011 a justiça tinha decretado a prisão de Paz, a alegação do MPE era que Domingues não morava mais onde é processado e isso poderia dificultar nova prisão caso fosse condenado. Depois, em setembro do mesmo ano, a Justiça revogou o pedido ao acatar alegações da defesa de que o acusado tem endereço fixo e emprego.

Porém como réu não tem cumprido determinações da justiça foi decretada novamente sua prisão, para que o mesmo fique a disposição da justiça.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.8%
17.6%
76.5%