06/12/2014 às 20h12min - Atualizada em 06/12/2014 às 20h12min

Tentativa de homicídio na Barra e acusado é preso escondido atrás de um guarda-roupa

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia

Uma briga num bar quase termina em morte no bairro Jardim Palmares, na tarde sábado (6), em Barra do Garças. Sergiano Santos Ramos conhecido como Chapéu, 27 anos, entrou em luta corporal com a vítima Adeir do Nascimento Davi, 24 anos. 

Eles estavam bebendo num bar perto do colégio do Jardim Palmares quando estourou a briga e Chapéu acertou duas facadas na vítima sendo uma nas costas e outra no joelho.

Após cometer o crime, o acusado saiu correndo e foi se esconder na casa do pai dele que fica no mesmo bairro.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e uma guarnição sob comando do sargento Ademar conseguiu prender o acusado. Ele estava escondido atrás de um guarda-roupa.

Na central da PM, Chapéu admitiu o crime e disse que a faca seria da vítima e que a confusão começou por causa de ingestão de bebida alcoólica.

Chapéu é ex-presidiário e saiu quarta-feira da cadeia.

Imprensa é xingada

O fato lamentável desta ocorrência foram algumas pessoas que estavam no bar e que tentaram agredir as equipes de TVs de Barra do Garças.

Um rapaz, com uma bíblia na mão, xingou com palavras ofensivas aos cinegrafistas e repórteres, bem diferente do que ele provavelmente deve estar aprendendo na igreja como cristão.

No Pronto Socorro, a médica de plantão disse que o ferimento no joelho de Adeir é grave e o caso dele foi repassado para o cirurgião de plantão.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.5%
17.2%
77.2%