Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
23/06/2024 às 10h20min - Atualizada em 23/06/2024 às 10h20min

Homem oferece cartão de crédito e notebook para estuprar menina de 12 anos

Gazeta Digital
Araguaia Noticia
João Vieira
Um homem de 35 anos foi preso em Sorriso (420 km ao norte), na sexta-feira (21), acusado de exploração sexual de vulnerável. Ele ofereceu um notebook e cartão de crédito para uma menina de 12 anos mantivesse relações sexuais com ele. A proposta foi feita diversas vezes por ligação e mensagem de texto ao celular da criança.

Segundo informações da Polícia Civil, na quinta-feira (20) a menina estava em aula quando passou a receber insistentemente mensagens, durante a aula, do homem oferecendo os presentes. A oferta já havia sido feita antes, mas desta vez a menor pediu ajuda do diretor da escola em que estuda.

O diretor, por sua vez, acionou o Conselho Tutelar, que chamou a polícia e foi até a escola.

Ouvida em procedimento de escuta especializada, com uma equipe psicossocial, a adolescente contou que o suspeito a assediou com ligações e mensagens, lhe oferecendo vantagens financeiras e um equipamento eletrônico. Prints das mensagens enviadas por ele à menor foram apresentados à delegacia e serão anexados ao inquérito.

A adolescente foi encaminhada para atendimento com psicóloga da unidade policial e diligências foram realizadas para coletas de mais informações e prisão do suspeito. Ele foi preso pela equipe policial enquanto trabalhava em uma obra no bairro Bela Vista.

A delegada Jéssica Assis explicou que o crime praticado está amparado no Artigo 218-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, que caracteriza a exploração sexual de criança ou adolescente com oferecimento de vantagem financeira.

“O simples oferecimento de vantagem pecuniária em troca de atos sexuais configura, por si só, induzimento à situação de exploração sexual. Quem se aproveita da idade da vítima para ofertar dinheiro em troca de favores sexuais está a explorando sexualmente, pois se utiliza da sexualidade de pessoa, ainda em formação, como mercadoria”, reforçou a delegado.

Após a prisão em flagrante, o suspeito foi encaminhado à unidade prisional do município e posterior apresentação em audiência de custódia. Não foi detalhado se vítima e suspeito tinham algum parentesco ou de onde se conheciam.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90