Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
19/06/2024 às 11h14min - Atualizada em 19/06/2024 às 11h14min

VEJA VÍDEO: Motoqueiro metralha casa de delegado em Mato Grosso

Atentado pode ter motivação política

Folhamax
Araguaia Notícia
Câmeras de segurança flagraram o momento em que um criminoso atirou contra a casa do delegado da Polícia Civil, Eric Martin Fantin, pré-candidato a prefeito de Brasnorte (571 km de Cuiabá), na madrugada de quarta-feira (19). Os vídeos que mostram a ação foram compartilhados pelo delegado em suas redes sociais. Ninguém ficou ferido.

Eric acredita que o ataque foi premeditado em virtude da corrida eleitoral que se avizinha. Segundo ele, na segunda-feira (17) descobriu um plano onde pessoas - ainda não identificadas - estavam tramando uma estratégia para matá-lo. Ele conta que não estava em casa no momento dos tiros justamente por conta dessa ameaça. Em suas redes sociais, ele vem afirmando que está sofrendo ataques. 

"Eu não estava no local. Eu havia saído justamente por motivo de segurança, pois na segunda nós descobrimos mais uma vez um plano para tirar a minha vida. E hoje, nesta madrugada, eles vieram e atiraram. Esses criminosos estão tentando de todas as formas me fazer desistir, pois eles sabem que a gente vai corrigir tudo que eles fizeram de errado no nosso município. É lamentável que eles coloquem em risco a vida dos meus amigos para atingir o objetivo que eles querem", diz Fantin.

O vídeo mostra que o atirador estava numa motocicleta. Sem descer da moto, ele se dirige até a fachada da casa e atira várias vezes contra uma vidraça. Depois, guarda o armamento e foge. O caso será investigado pela Polícia Civil.

POLÊMICAS

O delegado Eric Fantin já se envolveu em diversas polêmicas com o prefeito da cidade, Edelo Ferrari (UB). Em 2022, por exemplo, uma investigação conduzida por Eric colocou na mira o vereador Reginaldo Carreirinha (MDB) e mais três pessoas por crimes de estelionato, receptação, crime ambiental, tributário e de lavagem de dinheiro, envolvendo a aquisição e venda indevida de terras pertencentes à União.

Na época, o delegado chegou a pedir autorização do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) para poder investigar o prefeito. Em fevereiro de 2023, áudios revelaram uma discussão entre um vereador, o prefeito e o delegado, que foi transferido de cidade após supostamente criminosos terem oferecido R$ 1 milhão pela morte dele.

Em novembro de 2023, o prefeito Edelo Ferrari fez graves acusações contra os delegados da Polícia Civil de Mato Grosso, Eric Fantin, que atuava na cidade, e Antônio Carlos Pinzan Júnior, lotado na delegacia de Cáceres (225 km de Cuiabá), por supostamente fazerem um "complô" contra ele. Ele classificou como "politiqueira" a Operação Tracker, na qual o irmão dele, Elizandro Ferrari, é investigado por tráfico de drogas para atingi-lo. O gestor e Fantin possuem embates anteriores e irão concorrer ao pleito em outubro deste ano.

Fonte: FOLHAMAX
 

 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90