Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
12/06/2024 às 06h16min - Atualizada em 12/06/2024 às 06h16min

Suspeito de matar empresário de Barra do Garças é morto em confronto policial

Um segundo suspeito foi preso na ação que aconteceu no final da noite de terça-feira (11/6)

Araguaia Notícia
Empresário Luiz Carlos assassinado dia 24/5 por criminosos que queriam parte no lucro dele na venda de cigarros
Desde o homicídio do empresário Luiz Carlos Vieira dos Santos, de 58 anos, dono do Tabacaria Trevo, ocorrido em 24/5 em Barra do Garças-MT, a Polícia Militar, em conjunto com a Polícia Judiciária Civil, tem realizado um trabalho intensivo de levantamento de informações para identificar e prender os suspeitos envolvidos. Esse esforço contínuo culminou em mais uma ação significativa na noite de quarta-feira (12).

A operação tinha como objetivo principal a coleta de mais informações para subsidiar futuras investigações. Durante as diligências, um dos suspeitos, identificado como Ryan Vitor da Silva, ao perceber a presença dos policiais, reagiu violentamente e disparou contra a equipe da Polícia Militar. Em resposta imediata à agressão, os policiais revidaram, atingindo o criminoso. O indivíduo foi socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas teve o óbito confirmado no local. O criminoso, que possuía um extenso histórico de delitos com 12 passagens criminais, incluindo tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, estava armado com um revólver, que foi apreendido no local.

Na mesma ação, um segundo suspeito foi preso em sua residência. No local, além das munições de arma de fogo dos calibres .38 e 9mm, foram encontradas diversas porções de entorpecentes e materiais usados para preparar drogas para venda, reforçando as evidências contra o suspeito. O preso possui uma extensa ficha criminal, com 31 passagens, incluindo roubo, furto, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

As investigações sobre o caso continuarão sob a responsabilidade da Polícia Judiciária Civil, que seguirá apurando os detalhes e circunstâncias envolvendo a morte do empresário de Barra do Garças.

As forças de segurança de Barra do Garças reafirmam seu compromisso com a segurança da população e a luta incansável contra a criminalidade, garantindo que ações firmes e resolutas serão tomadas para manter a ordem e proteger os cidadãos de bem. No dia do assassinato do empresário, a PM disse que um dos motivos do crime seria a intenção dos criminosos em terem 'parte' no lucro da venda de cigarros em Barra do Garças. A Polícia Civil ainda não se manifestou oficialmente sobre esse caso. 



Mais detalhes em instantes aqui no Araguaia Notícia. 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90