02/12/2014 às 14h01min - Atualizada em 02/12/2014 às 14h01min

Atletas não recebem apoio suficiente para ir ao JEMs e ficam de fora da competição

Agência da Notícia
Agencia da Noticia

Os atletas classificados na fase regional dos Jogos Estudantis Mato-Grossenses (JEMs) de Confresa em Alto Boa Vista, ficaram de fora da competição por falta de apoio suficiente, segundo o professor da Escola Estadual Teotônio e 29 de Julho, Rafael Torres, foi um verdadeiro sufoco, para não dar em nada.

O Professor contou ao Agência da Notícia que era para as equipes estarem em Cáceres na edição estadual que acontece essa semana em Cáceres (do dia 01 ao dia 07 de dezembro), 42 atletas do município, porém a prefeitura de última hora deu o ônibus para transportar os atletas, porém não arcou com as despesas de combustível, que custaria entorno de R$ 2.400,00. “Os atletas e organizadores até tentaram conquistar o valor com o comércio local, porém conseguiram apenas R$ 1.300,00 que não foi o suficiente para arcar com as despesas que além de combustível os atletas teriam que arcar com alimentação”, explicou Torres.

Estariam na competição as equipes, de Futsal Feminino, Basquete Masculino e Futebol de Campo Masculino, porém, sem o apoio os atletas não puderam entrar na competição.

Rafael agradeceu o comércio local que ajudou, e disse que estará procurando cada um que doou para negociar, se o comércio aceitará a devolução da doação ou manterá o valor para que eles guardem para o próximo ano.

“Vamos trabalhar para que ano que vem possamos depender o menos possível da prefeitura, para que fatos como esses não nos pegue de surpresa, estávamos todos felizes com classificação e agora estamos tristes com a impossibilidade de participar por falta de apoio”, disse Rafael, que pretende fazer campanhas para arrecadar dinheiro para os próximos eventos.

“O secretário de Esportes simplesmente sumiu nos últimos dias, não nos atendeu, estamos muito chateados com isso”, disse.

Outro lado

Em entrevista por telefone com o chefe do departamento de Esportes, Jairo Cunha, ele disse que faltou sim apoio para levar os atletas, que ele tentou junto ao prefeito, Gaspar Lazzari e cobrou dos vereadores para que ajudasse cobrar do prefeito a disponibilidade do recurso para levar os atletas, porém não houve reciprocidade.

“O prefeito disse que o município está sem recurso, então não podemos fazer nada, os alunos estavam fazendo a prova do IFMT neste fim de semana, teríamos que sair depois da prova, e precisava de dois motoristas, e o prefeito com muito custo liberou apenas um, não liberou diárias para os professores, e os pais só aceitam os filhos saírem se forem com seus respectivos professores, por isso ficou impossibilitado de Confresa participar”, disse Cunha.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.5%