Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
22/05/2024 às 15h03min - Atualizada em 22/05/2024 às 15h03min

Quadrilha acusada de arrastar faccionado pela rua, torturar, matar e jogar corpo em rio é presa

Gazeta Digital
Araguaia Notícia
Operação Verdugos foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (22), pela delegacia de Araputanga (345 km a oeste de Cuiabá), para cumprir 24 mandados judiciais, sendo 9 de prisão preventiva, 3 de internação de adolescentes e 12 de busca e apreensão contra membros de uma facção criminosa, acusados pelo homicídio de Walisson Wilker Rodrigues Borges, 23, em março deste ano. As ordens foram cumpridas nas cidades de Araputanga, Mirassol D’Oeste e Cuiabá.

A investigação apontou que a vítima foi espancada até a morte pelos investigados, em 9 de março, no bairro Cidade Alta, em Araputanga. Conforme a Polícia Civil, o crime foi cometido por dívidas de drogas e pequenos furtos, supostamente cometidos pela vítima.

De acordo com delegado responsável, Fabrício Garcia Henriques, o crime ocorreu em via pública, à luz do dia, enquanto a vítima era arrastada aos gritos pelas ruas, até uma casa onde funcionava uma espécie de “Tribunal do Crime”, para onde os desafetos da facção eram levados para receberem punições. Na residência, a vítima foi executada e depois seu corpo foi jogado no Rio Bugres.

“Apesar da complexidade do caso, que envolve uma organização criminosa, desde o primeiro dia, as equipes de investigação estiveram em campo, logrando êxito na localização do corpo e na identificação de todos os coautores deste crime brutal. Foram angariados elementos robustos, suficientes para a decretação da prisão preventiva e internação dos suspeitos, como forma de preservar a ordem pública, a conveniência da investigação criminal e a aplicabilidade da lei penal”, destacou o delegado.

A operação contou com a participação de mais de 50 policiais civis, com equipes das Delegacias de Araputanga, Porto Esperidião (326 km a oeste), São José dos Quatro Marcos (315 km a oeste), Mirassol d’Oeste (300 km a oeste), Rio Branco (356 km a oeste) e de Cáceres (225 km a oeste). Em Cuiabá, os mandados foram cumpridos por equipes da Polinter.

O nome da operação “Verdugos” se refere a pessoas que executam penas de morte e aplicam castigos corporais. É sinônimo de carrasco, algoz, tendo em vista o modus operandi dos suspeitos ao cometerem este crime.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90