Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
15/05/2024 às 15h16min - Atualizada em 15/05/2024 às 15h16min

Acusados de tentar matar 'Boneco' em padaria são presos em MT

Gazeta Digital
Araguaia Noticia
Divulgação
Dois suspeitos identificados pelas iniciais W.C.S., 28, e L.C.B.F., 24, foram presos em flagrante pela Polícia Civil na tarde dessa terça-feira (14). Eles são acusados de tentar matar homem conhecido como “Boneco”, 55, em uma lanchonete na avenida 9 de Maio em Juína (735 km a noroeste de Cuiabá). Vítima foi atingida por 5 tiros e sobreviveu ao atentado.

Após o ataque, o homem foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado à unidade de saúde, onde passou por cirurgia de emergência. Após o procedimento, ele foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e aguarda transferência para Cuiabá. Segundo o último boletim médico, o seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

A equipe de investigação apurou que os dois suspeitos chegaram ao local em uma motocicleta azul. Um deles desceu, entrou na padaria onde a vítima trabalhava e efetuou os disparos. Na sequência, os acusados fugiram do local.

Após a comunicação da ocorrência, os investigadores realizaram buscas pelos suspeitos. Imagens de câmera de segurança foram analisadas e auxiliaram na identificação dos autores do crime.

Em uma residência no bairro Módulo 06, os agentes localizaram W.C.S., acusado de efetuar os disparos. Quando percebeu a chegada da polícia, ele quebrou o celular e negou, na frente de sua mãe, que teria saído de casa, dizendo ter permanecido a noite toda na residência, mas a mulher não confirmou a informação.

Os policiais continuaram as buscas pelo piloto da motocicleta utilizada no crime. O veículo foi encontrado no quintal da casa do suspeito, que não estava no local. O segundo acusado, identificado como L.C.B.F., foi localizado na obra do Hospital Regional da cidade, onde foi preso.

O suspeito confirmou que estava pilotando a motocicleta e que W.C.S. foi o responsável pelos disparos. Ele disse ter sido obrigado a pilotar o veículo por dívidas com uma facção criminosa e informou onde deixou as roupas usadas no momento do ataque e os trajetos feitos no dia da tentativa de execução.

A motivação do crime segue sob investigação da Polícia Civil. Arma usada no crime não foi localizada.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90