Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
18/04/2024 às 14h57min - Atualizada em 18/04/2024 às 14h57min

PF divulga vídeos que mostram caminhoneiro atuando no tráfico em MT

A prisão de motorista ocorreu em abril do ano passado resultou na operação Carga Oculta que está em andamento

Folhamax
Araguaia Notícia
Imagens divulgadas pela Polícia Federal (PF) mostram um caminhoneiro preso por transportar cocaína pelas rodovias de Mato Grosso. O flagrante dele resultou na Operação Contra Fluxo, deflagrada em 2023. No trajeto para buscar a droga, além de imagens do caminhoneiro contando o dinheiro recebido pelo "trabalho feito". Em outra filmagem, ele aparece com um cigarro de maconha.

Essa operação deu origem à Operação Carga Oculta, deflagrada nesta quinta-feira (18), também pela PF, que prendeu seis traficantes por carregar cocaína em cargas de algodão de Mato Grosso. Um caminhoneiro foi preso em abril de 2023 por transportar 437 quilos de cocaína em um caminhão carregado com carga de caroço de algodão.

Ele é visto nas gravações indo buscar a droga. Em um dos vídeos, ele aparece detonando a situação da estrada que ele percorre.

Em outra filmagem, ele aparece ostentando o dinheiro do tráfico ao som da música "Isso cê não conta", da dupla sertaneja Bruno e Marrone. Uma terceira gravação o caminhoneiro dá "bom dia" fumando um cigarro de maconha enquanto conduz o veículo de carga.

Ele foi preso, julgado e condenado a 17 anos de prisão. O grupo criminoso tentava enviar uma tonelada de cocaína ao Sudeste.

Durante as diligências, os policiais colheram provas da participação de outros envolvidos no esquema criminoso e identificaram uma atuação sofisticada para a lavagem de dinheiro. Também foi identificado que a droga enviada às regiões Sul e Sudeste era para abastecer a atuação de uma grande facção criminosa que atua na região.

Com a apreensão, as investigações foram iniciadas pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado em Mato Grosso (Ficco/MT), que deflagrou em dezembro a Operação Contra Fluxo, contra a quadrilha responsável pelo fornecimento de drogas aos estados de Paraná e São Paulo. Na primeira fase foram cumpridos cinco mandados de prisão preventiva, 9 de busca e apreensão e 12 ordens de sequestro de bens. 

Já na segunda fase, oito mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão e um sequestro de um imóvel contra foram expedidos contra a organização criminosa. Com o aprofundamento das apurações, foram identificados outros envolvidos no transporte da droga, como os batedores da carga ilícita e o proprietário da carreta, além dos responsáveis pelo envio de recursos aos membros, culminando na Operação Carga Oculta, desta quarta-feira.

Foram expedidos pelo Núcleo de Inquéritos Policiais, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (NIPO/TJMT) seis mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão em Cuiabá e na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira - "Ferrugem", em Sinop. 
 


 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90