Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
16/04/2024 às 08h21min - Atualizada em 16/04/2024 às 08h21min

Empresária leva tiro na cabeça durante briga de trânsito: 'Pareceu filme de terror'

Caso aconteceu enquanto Damariz Magalhães Chastinet Pinho trafegava pela GO-060 com o marido. Suspeito do disparo não foi identificado.

g1 Goiás e TV Anhanguera
Araguaia Notícia
Uma mulher levou um tiro na cabeça após uma briga de trânsito que envolveu um outro motorista e o marido dela, na GO-060, entre Goiânia e Trindade, na Região Metropolitana da capital. Ao ser atingida pelo disparo, a empresária Damariz Magalhães Chastinet Pinho ficou com a bala alojada no couro cabeludo dela.

“Senti o impacto e já imaginei que tivesse sido um tiro. Eu falei para o meu esposo, ele não conseguiu acreditar, porque eu fiquei o tempo todo consciente. Pareceu um filme de terror isso que a gente viveu”, contou Damariz.

"Quando eu passei a mão nela aqui assim [na cabeça], senti um monte de sangue, mas não falei nada para ela", contou o marido de Damariz, Marco Antônio.

O caso aconteceu na noite de sábado (13), após o casal, que mora no setor Jardim Cerrado, sair de casa para lanchar. Até a última atualização desta reportagem, o motorista suspeito de fazer o disparo não tinha sido identificado ou localizado. Imagens mostram sinais do disparo em um dos vidros do carro e a bala alojada no couro cabeludo da mulher.

“Depois que tirou o raio-x, todo mundo ficou impressionado, porque foi um milagre mesmo. A bala estava na cabeça, mas não chegou a atingir o crânio”, explicou Damariz.

Ao g1, a mulher contou, nesta segunda-feira (15), que passou por uma cirurgia durante o fim de semana, mas que está bem e já está em casa. O caso foi registrado e é investigado pela Polícia Civil.

Disparo após discussão

O caso aconteceu enquanto a empresária, o marido e o filho iam, de carro, lanchar. Na ocasião, seguiam pela GO-060, sentido Goiânia para Trindade, na faixa da esquerda, quando viram um carro chegando atrás deles e pedindo passagem. O carro do casal permaneceu na faixa em que estavam, pois iriam pegar um retorno logo à frente.

À polícia, o marido de Damariz, o empresário Marco Antônio de Souza, contou que o veículo do motorista suspeito fez uma ultrapassagem pela direita e que logo ficou com o carro na frente do veículo do casal. Segundo o empresário, em seguida o motorista começou a frear diversas vezes em sua frente.

“Eu tentei ir para direita, ele cortou para direita também. Fui para esquerda e ele voltou para esquerda. Quando eu passei por ele e ele estava me xingando, eu só abaixei o vidro do lado dele e falei: ‘você é doido?’. Quando fui embora, só sentiu o impacto do tiro”, detalhou Marco Antônio à TV Anhanguera.

Mesmo após ser atingida, a mulher ainda conseguiu ajudar o marido colocando o endereço do hospital no GPS para que ele pudesse socorrê-la. Marco Antônio levou a esposa até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Trindade. Ela foi encaminhada Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), onde ela fez uma radiografia que mostrou que a bala ficou alojada do lado de fora, na parte de trás, do crânio de Damariz.

Ao g1, Damariz ainda contou que no momento do disparo ficou com muito medo, principalmente de que o filho, que também estava no carro, fosse atingido. No entanto, ela ainda fala sobre ser grata por estar viva.

"Me sinto muito grata por Deus ter me livrado. No momento do tiro só me preocupei com meu filho que estava no banco de trás. A gente fica com medo, mas não podemos deixar que esse medo nos cale ou nos impeça de buscar justiça", disse.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90