15/11/2014 às 11h25min - Atualizada em 15/11/2014 às 11h25min

Suspeito morre após apontar arma de brinquedo para a PM

Midia News

E.F.M., de 25 anos, morreu após apontar uma arma de brinquedo para policiais militares do 9º Batalhão. O confronto ocorreu no final da manhã desta sexta-feira (14).

Os policiais o balearam e o socorreram até a Policlínica do Coxipó, onde o suspeito morreu após passar pelo setor de emergência.

De acordo com os PMs, E.F.M. corria da polícia depois de ter sido flagrado saindo de uma casa no Parque Cuiabá, onde teria arrombado a porta dos fundos e roubado alguns pertences.

Segundo os policiais, o suspeito tinha invadido a casa de um professor de educação física da Escola Estadual Heliodoro Capistrano, no Parque Cuiabá.

Vizinhos suspeitaram de um barulho nos fundos e acionaram a PM.

Ao chegar no local, os policiais depararam com o suspeito saindo com a sacola. Ao gritar para que se entregasse, o rapaz correu para os fundos da casa, largando a sacola com os objetos roubados para trás.

E.F.M. pulou vários muros e, mesmo cercado, não obedeceu a ordem para parar, inclusive apontando uma arma para os policiais que o perseguiam.

Ao ver a arma apontada, os PMs atiraram. Assim que o rapaz ficou ferido, eles descobriram que a arma que ele portava se tratava de uma pistola de plástico.

O delegado Geraldo Gezoni Filho esteve na policlínica para fazer a liberação do corpo.

Ele abriu inquérito para investigar o homicídio.

Os policiais informaram que a vítima respondia a inquéritos por roubo, porte ilegal de arma, entre outros.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.7%
16.9%
77.3%