Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
13/03/2024 às 15h48min - Atualizada em 13/03/2024 às 15h48min

MT tem 29 trabalhos aprovados para o XVI Encontro Nacional de Aleitamento Materno

Experiências serão apresentadas por profissionais dos municípios de Cuiabá, Sinop, Tangará da Serra, Barra do Garças, Alto Araguaia e Cáceres

SES - MT
Araguaia Noticia
Políticas públicas ligadas à amamentação têm ganhado espaço na Saúde Pública do Estado Crédito - Secom-MT
O Estado de Mato Grosso obteve 29 trabalhos aprovados para apresentação no XVI Encontro Nacional de Aleitamento Materno (XVI ENAM), VI Encontro Nacional de Alimentação Complementar Saudável (VI ENACS) e o I Encuentro Latino Americano y Caribeño de Lactancia Materna (I ELACLAM), que serão realizados entre os dias 14 e 18 de abril em João Pessoa (PB). Os trabalhos foram feitos por profissionais que atuam em Mato Grosso e tiveram apoio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

As experiências serão apresentadas por profissionais dos municípios de Cuiabá, Sinop, Tangará da Serra, Alto Araguaia, Barra do Garças e Cáceres, que representam seis Regiões de Saúde de Mato Grosso. 

De acordo com o nutricionista e integrante da equipe de Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável da SES-MT, Rodrigo Carvalho, as políticas públicas ligadas à amamentação têm ganhado espaço na Saúde Pública do Estado.

“O reconhecimento dessas experiências também é resultado do trabalho de regionalização destas políticas públicas, promovido pela SES. Em Mato Grosso, há alguns anos tem-se melhorado a gestão desta política com a implementação de ações estratégicas de promoção, proteção e apoio à amamentação em unidades de saúde de todos os níveis de atenção, de forma intra e intersetorial, além do diálogo com outros setores, como a educação, assistência social e comércio”, avaliou. 

Dentre os temas a serem apresentados no Encontro Nacional, estão: “O caminho percorrido para fortalecer a estratégia Amamenta Brasil no Norte de Mato Grosso”, “Atenção nutricional durante o pré-natal como estratégia de adesão a alimentação complementar saudável”, “A importância da intersetorialidade nas ações de apoio à amamentação”, “Estratégias de implementação de uma política brasileira voltada à promoção do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável na Atenção Primária em Saúde”, entre outros. 

Rede Mato-grossense de Bancos de Leite Humano

Ao longo de 2023, a Rede Mato-grossense de Bancos de Leite Humano, que é coordenada pela SES, realizou 13.028 atendimentos, entre individuais e em grupo, fez a coleta de 2.954 litros de leite humano e a doação de 2.128 frascos de vidro com tampa, que foram utilizados para distribuir leite aos recém-nascidos.

Satisfeito com o resultado dos trabalhos realizados em 2023, o superintendente de Atenção à Saúde da SES, Diógenes Marcondes, afirma que a equipe continuará fortalecendo as ações para 2024.

“A SES trabalha fortalecendo a rede de coleta para que mais pessoas que amamentam possam se tornar doadoras de leite humano e, consequentemente, ajudar no crescimento saudável dos recém-nascidos hospitalizados”, concluiu o gestor.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90