12/11/2014 às 14h23min - Atualizada em 12/11/2014 às 14h23min

Prefeito de Barra determina abertura de sindicância para apurar denúncia de venda irregular de lotes, resultado será encaminhado ao MP

Vander Lima / Secom-BG
Araguaia Notícia

O prefeito Roberto Farias baixou o decreto 3.606 de 11 de Novembro de 2014 determinando a todas as Secretarias, Procuradoria Geral do Município e todos os demais órgãos da administração pública Municipal direta e indireta, para que façam buscas relativamente a todo e qualquer procedimento que envolve a imobiliária E.L.Esteves, remetendo o que encontrar (cópia) mediante ofício a Promotoria de Justiça de Barra do Garças.

Institui também a criação de uma Comissão de Sindicância para uma apuração ampla, geral e irrestrita quanto a existência de eventual extravio dos processos administrativos. O Decreto determina ainda que a comissão em sua conclusão dos trabalhos informe, em caso de existência, do que se tratam os processos administrativos referidos e seu estágio processual, juntando cópia integral aos autos; A comissão iniciará os trabalhos imediatamente, tendo prazo de conclusão de relatório final de 20 dias.

Para o prefeito é preciso apurar os fatos e a punição no caso de ser apontada alguma irregularidade, “Buscamos desde o primeiro dia de governo resolver a regularização fundiária, tanto que já foram entregues mais de 700 títulos de propriedade a moradores de 15 Bairros no Município de Barra do Garças desde janeiro de 2013 dando mais tranquilidade e segurança a essas famílias, questão fundiária esta que nunca foi enfrentada pela gestão anterior, avançamos muito, mas sempre agindo dentro da legalidade, se alguém errou, será punido”.

Beto frisou ainda que a venda irregular de lotes é um problema que ocorre há vários anos, “Infelizmente é uma prática que vem acontecendo a muito tempo mas ninguém se dispôs a tentar resolver, somos os mais interessados na apuração dos fatos, pois muitas pessoas acabam tendo prejuízo com essa situação”, finalizou.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%