Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
28/02/2024 às 17h08min - Atualizada em 28/02/2024 às 17h08min

Estudante de Medicina é espancado em conveniência na Capital de MT

Caso ocorreu na Avenida Beira Rio, no dia 19 de fevereiro; vítima denunciou crime à imprensa

Mídia News / TV Cidade Verde
Araguaia Noticia
Espancamento foi filmado por câmeras do estabelecimento
Câmeras de segurança filmaram um estudante de Medicina da Universidade de Cuiabá, de 24 anos, sendo brutalmente espancado por dois rapazes próximo a uma conveniência na Avenida Beira Rio, em Cuiabá.

O caso ocorreu no dia 19 de fevereiro, mas imagens foram divulgadas somente nessa terça-feira (27), pelo Programa do Pop, da TV Cidade Verde.

Pouco antes da agressão, as imagens mostram a vítima e o suspeito andando juntos, chegando até mesmo a se apoiarem um no outro.

Segundo o estudante, ele teria ido até a conveniência para encontrar uma conhecida e depois ficou só. Neste momento, ele foi abordado por um dos suspeitos.

“Ele me aliciou, falando que eu era um cara gente boa e que ele gostaria de conversar em outro local. [Depois] Eu não lembro mais de nada”, disse a vítima em entrevista ao programa.

Logo após os dois irem juntos para um local um pouco afastado na entrada da conveniência, as câmeras flagraram o segundo agressor caminhando até eles. Assim que ele se aproxima, o comparsa desfere o primeiro soco no rosto do rapaz e o puxa pela camiseta. 

Com ajuda do outro agressor, eles derrubam a vítima no chão, dão vários chutes, pisões e mais socos. O rapaz, segundo a reportagem, teve 20% da arcada dentária arrancada na sessão de espancamento, ossos da face fraturados e também perda parcial da visão.

Após o crime, os dois agressores entraram em um carro preto, que já os aguardava, e foram embora. Até o momento, nenhum dos dois foi preso.

O advogado Rodrigo Pouso, que defende a vítima, afirmou que os dois suspeitos seriam estudantes da Unic, assim como o rapaz.

“As imagens são claras. É a maior prova. As lesões são graves, teve perda óssea, inclusive na parte do olho, teve quebramento de osso também. É lamentável. Ele tem algumas informações, parece que são estudantes esses dois que o agrediram covardemente”, disse Pouso.

“Houve uma conversa, uma troca de olhar. Um leva, espera o outro chegar, se faz de traiçoeiro, olha para o lado e quando o outro vem vindo, desfere o golpe. Tem um carro mesmo que dá suporte. Inclusive, depois do espancamento, ele entra no carro e vai embora. Então, parece que é algo premeditado”.

O caso foi registrado na Polícia Civil como tentativa de homicídio. 

Além de serem investigados na esfera criminal, Pouso disse que entrará com pedido de indenização contra os autores do crime.

Assista ao vídeo:


 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90