Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
08/02/2024 às 11h58min - Atualizada em 08/02/2024 às 11h58min

Fiscal aposentado de Mato Grosso morre aos 72 anos

Amigo presta homenagem ao pioneiro que se apaixonou pelo Vale do Araguaia

Araguaia Notícia
Faleceu no início da madrugada de quinta-feira (8/2) o fiscal aposentado do estado de Mato Grosso, Antônio Albuquerque Aguiar Dias Sobrinho de 72 anos. O pioneiro estava com problema renal apenas com um rim funcionando e tinha colocado recentemente um marca-passo, mas mesmo assim se demonstrava confiante e aproveitou bem os últimos instantes da vida dele.

Na noite de quarta-feira (7/2), o aposentado se sentiu mal e deu entrada no Hospital MedBarra já com pressão muito baixa, praticamente em estado de choque, foi quando diagnosticaram que o mesmo estava com um aneurisma da aorta abdominal com diâmetro acima de 7 cm.  

Os médicos Rafael, Frederico, Medeiros Filho e Tassiane entraram em ação para estabilizarem o paciente.  Começou então uma mobilização para levar Albuquerque para Goiânia numa UTI móvel, mas no início da madrugada, infelizmente o fiscal veio a óbito.
O sr Albuquerque como era carinhosamente chamado completaria 73 anos no próximo dia 16/2.

Natural de Carius–CE, ele foi tenente do Exército, depois passou no concurso da SEFAZ e se aposentou como fiscal de Mato Grosso. Morador de Aragarças-GO, Albuquerque era torcedor fanático do Ceará e conquistou admiração de Wilson Nobre pelo time do Vovô. “Gostava muito dele e passei acompanhar o Ceará porque nos últimos 15 anos, anualmente, ele me trazia uma camisa do alvinegro direto do Nordeste”, relembra conta Wilson.

“A saudade já está enorme, o Buca como o chamávamos, era um amigo das antigas do meu Pai Bororinho (o sr Wilson Nobre), e que se tornou parte da nossa família, ele era irreverente com seu jeito carinhoso de mandar bom dia todas as manhãs, de ligar preocupado, de sempre ligar para saber se estávamos bem ou precisando de algo, falava palavras bonitas de incentivo a todos, foi um homem exemplar. Vai fazer muita falta para todos nós”, frisou amigo Wilson.

Albuquerque deixa a esposa Noeli, três filhos dentistas: Arthur Albuquerque que atua em Aragarças, Rodrigo Albuquerque que atua em Pontal do Araguaia conhecido como Digão e Renata Albuquerque que atua na cidade de Marília-SP. Deixa também 5 netos. O pioneiro era muito querido por todos na Sefaz-MT, ajudava a quem precisava, gostava de viajar e recente agora em janeiro, fez uma viagem com a esposa, filhos e netos para Recife

O velório do fiscal está acontecendo na casa mortuária de Aragarças e sepultamento será logo mais às 17 horas no cemitério aragarcense.



 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »