Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
07/02/2024 às 16h58min - Atualizada em 07/02/2024 às 16h58min

Atuando na rede estadual por duas décadas, o professor ressalta nunca ter presenciado um avanço tão significativo em um intervalo de tempo tão curto

Roberto Conceição foi um dos 4 mil profissionais que participaram do evento "Trilhando o Futuro: Um novo jeito de fazer educação", em Cuiabá

Seduc - MT
Araguaia Noticia
Roberto Conceição Nogueira atua como educar na rede estadual há 20 anos - Foto por: Assessoria
“Nunca houve tantos investimentos na infraestrutura, alimentação escolar, uniformes e tecnologias usadas dentro de aula”. A afirmação é do professor e gestor educacional Roberto Conceição Nogueira, atual diretor da Escola Estadual Hermes José da Silva, em Nova Lacerda, que diz estar impressionado com o novo modelo de educação que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) vem implantando na rede Estadual de Ensino desde 2019.

“Estou há 20 anos atuando na rede e nunca tinha visto tanta evolução, desde a infraestrutura ao pedagógico, e tudo em tão pouco tempo”.

Segundo ele, uma das provas de investimento na infraestrutura, por exemplo, ocorreu na própria escola onde atualmente é o diretor. “A Hermes José da Silva antes funcionava em um prédio antigo sem climatização. Hoje, funciona em um prédio novo com salas climatizadas, conectividade e tecnologia de ponta em sala de aula. Essa qualidade impacta positivamente no ensino e na aprendizagem”.

Roberto Conceição Nogueira foi um dos quatro mil profissionais da educação que participaram do evento "Trilhando o Futuro: Um novo jeito de fazer educação", realizado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, nos dias 30 e 31 de janeiro, como parte das atividades da Semana pedagógica com a proposta de apresentar diagnósticos, construir intervenções e definir metas e objetivos para o ano letivo de 2024.

Para o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, a percepção dos avanços na educação pública está em sala de aula e também entre a sociedade. “O que o professor Roberto Conceição diz é o que toda a comunidade estudantil também expressa, pois os investimentos refletem diretamente na rotina de todos”.

Ele destaca que só em 2024, a previsão é entregar 15 novas unidades escolares com investimentos de mais de R$ 136,3 milhões. Entre as novas unidades, estão cinco unidades escolares projetadas e em obras na capital e em Várzea Grande pelo Sistema Modular de Superestrutura em Pré-Moldados. O novo modelo de construção leva, aproximadamente, 180 dias para ser concluído.

“Em termos de tecnologia”, observa Alan, “outra ação que se tornou um case de sucesso da gestão do governador Mauro Mendes e que terá continuidade neste ano é o programa ETI@Digi. Garantimos aos estudantes do Ensino Médio o recebimento de um Chromebook com internet de banda larga. Podendo levar o equipamento para casa, ampliamos o tempo de estudo que contribuiu diretamente no processo de aprendizagem”.

Aliado a isso, ele ainda destaca os 10 mil estudantes que se inscreveram para o Pré-Enem Digit@al 2023 e tiveram acesso à Plataforma Univirtus, com aulas gravadas de todos os componentes da Formação Geral Básica, aulões, simulados e concurso de redação. “Todos os estudantes receberam um kit com 16 livros e cadernos de exercícios contendo o conteúdo exigido nas provas. Na edição de 2024, vamos abrir vagas para 15 mil inscritos”.

Na alimentação escolar, o secretário reforçou que o Governo de Mato Grosso já garantiu um investimento de R$ 160 milhões para manter a qualidade do que será servido aos mais de 320 mil estudantes no ano letivo de 2024.

E, na aquisição de uniformes e materiais escolares, o Estado investiu R$ 116 milhões para o ano letivo de 2024. A entrega dos kits aos estudantes começou em fevereiro e seguirá até meados de março. Na compra dos uniformes foram aplicados R$ 99,9 milhões e dos materiais escolares, R$ 16,1 milhões.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, lembra que os kits de uniformes serão compostos por mochilas, tênis com meias, camisetas, shorts e agasalhos completos para atender os estudantes matriculados no Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e egressos do Sistema Prisional.

Por fim, o secretário reforçou que a determinação do governador Mauro Mendes em continuar investindo em todas as áreas da educação como infraestrutura, tecnologia de ponta e material pedagógico de primeira linha. “Também investimentos nos nossos profissionais por meio treinamento e formação continuada”, completou.

Alan também lembrou da Gratificação por Resultados, a GR, criada pelo Estado em 2023 baseada nos resultados individuais e coletivos que os profissionais estão gerando à rede. “Isso demonstra onde queremos chegar, que é estar entre as cinco melhores redes pública no país até 2032”, finalizou.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90