30/10/2014 às 14h26min - Atualizada em 30/10/2014 às 14h26min

Empresário do Grupo Breda morre esmagado por chapa de concreto que caiu de caminhão

Agência da Notícia
Reprodução

O empresário Pedro Celso Breda, de 53 anos, morreu, nesta terça-feira à tarde, após ser atingido por uma chapa de concreto que estava sendo descarregada de uma carreta por um caminhão guincho, no pátio da empresa de pré-moldados, que fica no Jardim Belo Horizonte, em Rondonópolis.

De acordo com informações apuradas pela Polícia Militar, Pedro e mais dois funcionários trabalhavam no descarregamento de várias chapas de concreto, quando o braço do guindaste se quebrou. A peça que estava sendo içada caiu em cima do empresário. Os funcionários ainda tentaram retirar a chapa com outro guincho, que não suportou o peso.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer Breda, mas a equipe médica já o encontrou sem os sinais vitais. A peça de concreto foi retirada de cima do corpo após a chegada de outro caminhão guincho.

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) analisou as circunstâncias do acidente de trabalho para elaboração de laudo. O corpo foi encaminhado para exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) e liberado posteriormente para o velório e sepultamento.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%