29/10/2014 às 19h42min - Atualizada em 29/10/2014 às 19h42min

Golpista engana aposentada e leva cerca de R$ 8 mil

Interessante News - Isaias Lima - Nortão
Ilustrativa

O fato aconteceu na manhã de segunda-feira (28), segundo relatos da vítima a nossa reportagem, ela foi ao centro da cidade e assim que desceu do ônibus, nas imediações da Avenida Mutum, um rapaz bem trajado se aproximou e apresentou uma espécie de uma nota promissória pedindo informação de uma pessoa, ela afirmou que não a conhecia. Então, o homem pediu informação a uma mulher, de aparência jovem, que passava pelo local, ela disse conhecer o filho da tal pessoa, e chamou o homem e a vítima para irem até o local onde estava o rapaz. Foi onde tudo começou.

A vítima disse ainda, que não andaram muito e encontraram o tal rapaz. Iniciaram uma longa conversa, o rapaz afirmou ser o filho da pessoa procurada e disse que estava com o dinheiro para pagar a dívida, pois seu pai estava doente.

 A partir daí o primeiro homem que tinha a promissória prometeu dar uma recompensa à vítima e a moça que informou onde estava o filho do homem procurado. Foi quando eles aproveitaram para a plicar o golpe.

O homem que receberia a dívida pediu um voto de confiança. Então, a mulher convidou o rapaz para entrar em seu carro, um Corolla preto, e dentro do carro passou uma grande quantia em dinheiro nas mãos do homem, como gesto de confiança. Então, ele pediu para a vítima também lhe passar dinheiro como voto de confiança. E justificou que com o dinheiro dela e da moça em mãos ele iria pegar o dinheiro da dívida, que afirmava ser no valor de R$ 800 mil, e que daria R$ 100 mil para cada uma delas.

A vítima foi até duas instituições bancárias, sacou uma quantia de R$ 8 mil e entregou nas mãos do homem, que estava no banco de traz do veículo. Após contar as notas, ele supostamente devolveu o dinheiro da vítima, em uma meia, dizendo a ela que era assim que guardava dinheiro. Logo após, ele fez o mesmo com a mulher que dirigia o veiculo.

Posteriormente eles deixaram a senhora em casa. O homem disse que a tarde ele retornaria a casa dela e entregaria os R$ 100 mil.

De forma inocente a senhora acreditou e quando chegou em casa foi conferir o dinheiro. Ao abrir a meia percebeu que dentro havia apenas pedaços de jornais recortados. Foi aí que ela se deu conta que havia caído em um golpe.

Bastante envergonhada e lamentando o fato, ela acionou a policia e registrou a ocorrência. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%