22/10/2014 às 14h01min - Atualizada em 22/10/2014 às 14h01min

Polícia Militar age como “Bombeiros” apaga fogo de residência e salva homem com esquizofrenia de incêndio

Agência da Notícia com Leandro Kervalt
Agência da Notícia

Um incêndio em uma residência na zona rural de Confresa por pouco não terminou em tragédia, um jovem que sofre de esquizofrenia ateou fogo na casa onde mora com os pais. O fato ocorreu por volta das 15hs30min desta terça-feira, (21), no Vilarejo Buriti.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, os pais do jovem tinham ido à cidade de Confresa buscar ajuda para o filho que nos últimos dias estava bastante agitado, aproveitando a ausência dos pais o homem em mais um surto colocou fogo na residência.

Com o fogo alto vizinhos preocupados acionaram a Polícia Militar que se deslocou aproximadamente 40 km até o vilarejo, ao chegar até o local encontrou parte da casa sendo consumida pelas chamas e com o rapaz ainda dentro da residência.

De imediato os PMs adentraram a residência e retiraram o rapaz sem ferimentos, a partir daí começou uma luta para apagar o incêndio que consumia toda a cozinha da casa, de balde em balde de água o fogo foi controlado e apagado pelos PMs.

A instalação do Corpo de Bombeiros na região é pedida a tempos pela população. O serviço que seria para Bombeiros é feita por policiais miliares que não medem esforços para ajudar a comunidade.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%