Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
11/12/2023 às 19h59min - Atualizada em 11/12/2023 às 19h59min

Instituto prevê nova onda de calor nos próximos dias no Estado

Previsão da MetSul aponta que as máximas devem atingir os 40°C, o que não é comum em dezembro

Media News
Araguaia Noticia
A MetSul Meteorologia está projetando a chegada de uma nova onda de calor ao Brasil, incluindo Mato Grosso, para o fim desta semana, trazendo temperaturas máximas na casa dos 40°C.

O instituto ressalta que essas temperaturas em Mato Grosso são geralmente registradas entre o fim do inverno e início da primavera, ou seja, entre agosto e outubro, e não são normais para o mês de dezembro, quando as chuvas não deixam que as temperaturas cheguem aos 40°C.

Essa massa de ar muito quente, porém, vai trazer temperaturas muito acima dos padrões desta época do ano para todo Centro-Sul do Brasil. O pico do calor deve ser no próximo sábado (16).

Se a previsão se confirmar, esta deve ser a quarta massa de ar quente que atinge Mato Grosso nos últimos quatro meses.
 
Especialistas dizem que esse calor fora do normal é consequência do fenômeno El Niño, que deixa as águas do Oceano Pacífico mais quentes, afetando o clima e o regime de chuvas sobre quase todo o planeta.
 
Em Mato Grosso Cuiabá registrou seu recorde histórico na onda de calor de outubro, quando os termômetros marcaram 44,2°C no dia 19. Em meados de novembro, outra onda de calor atingiu a cidade sem quebrar o recorde da anterior, mas com uma duração maior, elevando o desconforto térmico da população e exigindo atenção com os mais vulneráveis.
 
Nesta massa de ar quente não devem ser registradas temperaturas tão elevadas como nas ondas anteriores, porém elas estarão até 5°C acima da média para o mês de dezembro. A intensidade do calor deve começar a diminuir somente na próxima segunda-feira (18).

Cuidados com a saúde
 
A Defesa Civil recomenda uma série de cuidados nessas situações de calor extremo. Se manter hidratado, evitar exposição ao sol entre 10h e 16h e se manter em ambientes frescos são algumas delas.
 
Com a situação adversa, alguns grupos considerados vulneráveis como os idosos, as crianças e pessoas com doenças crônicas precisam de cuidado especial.
 
A recomendação é de que crianças e idosos sejam mantidos em ambientes frescos e bem hidratados e que pessoas com condições médicas crônicas, como doenças cardíacas ou respiratórias, recebam cuidados extras durante a onda de calor.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90