Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
06/12/2023 às 23h17min - Atualizada em 06/12/2023 às 23h17min

Polícia encontra caixa usada por suspeito para esconder arma durante execução de advogado com 10 tiros

G1 MT
Araguaia Notícia
O suspeito de matar o advogado Roberto Zampieri, de 57 anos, em frente ao escritório que a vítima trabalhava, no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá, na terça-feira (5), utilizou uma caixa revestida com saco plástico para esconder a arma do crime. Segundo a Polícia Civil, o objeto também pode ter sido usado para abafar o som dos disparos.

“O suspeito utilizou uma caixa na mão escondendo a arma. Ele se aproximou e efetuou os disparos, sem dar nenhuma chance de defesa para a vítima. Inclusive, essa caixa também pode ter sido utilizada para abafar o som dos disparos", explicou o delegado Nilson Farias.

Vídeos de câmera de segurança mostram o momento em que a vítima é surpreendida por um homem de boné, que disparou pelo vidro do lado do passageiro e, em seguida, fugiu. Segundo o delegado, Roberto foi morto com pelo menos dez tiros e, a principal suspeita, é que a morte tenha sido por causa da atividade profissional da vítima.

“Nada pode ser descartado. Hoje, como ainda está prematuro, e como se trata de um escritório de advocacia, a principal linha de investigação é uma ação ligada a sua ação laborativa. Não descartamos outras linhas de investigação," explicou.

O advogado Roberto Zampieri já atuou em Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Alta Floresta, Barra do Garças, Rondonópolis, Paranatinga e Tangará da Serra, além de Cuiabá. O escritório da vítima atua em direito agrário, tributário, ambiental e entre outras áreas.

Entenda o caso

O advogado saía do escritório que trabalhava quando o crime aconteceu. As equipes foram até o local, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. O suspeito chegou a ficar cerca de uma hora aguardando a vítima sair do local.

O delegado da Polícia Civil, Nilson Farias, disse que o atirador aguardava o advogado na frente do escritório e que a vítima tinha um veículo blindado há mais de 5 anos.

“Ele tinha um carro blindado, mas já tem uns cinco anos que ele possui esse veículo, não é por ameaça recente. Hoje, especificamente, ele não utilizou, mas usava esse carro blindado de forma aleatória. Pelo que levantamos, ele nem viu o que aconteceu porque foi muito rápido”, disse.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90