18/10/2014 às 00h47min - Atualizada em 18/10/2014 às 00h47min

Arma é apreendida com comerciante que a usava como 'defesa pessoal' mas sem porte

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia

A Polícia Civil de Aragarças aprendeu um revolver calibre 38 e doze munições na residência do comerciante Ilton Soares Oliveira, proprietário de uma boate no município goiano, no cumprimento de mandado de busca e apreensão sexta-feira (17).

O delegado Ricardo Galvão informou que a Polícia Civil recebeu várias denúncias de que o comerciante fazia ameaças com a arma. Ilton nega as ameaças e durante depoimento na delegacia tentou justificar o fato de portar arma segundo ela para defesa pessoal.

Só que o comerciante não tem porte de arma e para não ficar detido teve que pagar fiança de R$ 2.100,00.

Ilton responde a vários termos de circunstanciados (TCOs) por perturbação do sossego público em Aragarças e vizinhos reclamam de ameaças quando pediam ao comerciante para baixar o som da boate.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%