Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
29/11/2023 às 16h50min - Atualizada em 29/11/2023 às 16h50min

Caçula presenciou morte e estupro da mãe e irmãs em casa

Vithória Sampaio e Pablo Rodrigo
Gazetadigital
Melissa Calvi Cardoso, 10, filha caçula de Cleci Calvi Cardoso, 46, presenciou o momento em que Gilberto Rodrigues, 32, matou e abusou sexualmente da mãe e das duas irmãs, Miliane Calvi Cardoso, 19, e Manuela Calvi Cardoso, 13. A informação foi confirmado ao   pelo delegado Bruno Alves, responsável pela investigação do caso.

 
“A criança foi assassinada por esganadura quando ele já havia efetuado os estupros. Ou seja, provavelmente ela assistiu tudo. Viu a mãe e as irmãs sendo estupradas por esse monstro. Como ela não parava de chorar, antes de deixar a residência, ele matou ela”, pontuou. 


Gilberto trabalhava como pedreiro em uma obra do lado da casa da família, localizada no bairro Florais da Mata. Ele conhecia toda rotina das vítimas e sabia que ficavam sozinhas por alguns dias, enquanto o esposo e pai das meninas viaja a trabalho como caminhoneiro. 

 
Ele invadiu a casa na madrugada de sábado (25), enquanto elas dormiam. Assim que conseguiu entrar pela janela do banheiro, foi surpreendido por Cleci que escutou o barulho e acendeu uma das luzes da casa.

 
Assustada com a invasão, a mãe atacou Gilberto para defender as filhas, mas foi empurrada e caiu no chão da cozinha. Durante luta corporal, uma gaveta de talheres caiu, momento em que ele se apossou de uma faca e a golpeou no pescoço. 


A filha mais velha acordou e viu a mãe naquela situação, foi para cima do suspeito e foi a segunda esfaqueada. Em seguida, Manuela foi golpeada em um dos quartos.


Após as 3 estarem esfaqueadas, ele abusou das vítimas na presença de Melissa, que foi morta asfixiada antes de o criminoso fugir pela mesma janela por onde entrou.


O caso 

Cleci Calvi Cardoso, 46, e suas filhas Miliane Calvi Cardoso, 19, Manuela Calvi Cardoso, 13, e Melissa Calvi Cardoso,10, foram encontradas mortas na manhã desta segunda-feira (27), no bairro Florais da Mata, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá). As vítimas estavam degoladas e 3 delas nuas.

 
O pedreiro foi preso horas depois e confessou ter cometido a chacina. Ele relatou aos policiais que esfaqueou Cleci Calvi Cardoso, 46, e suas 2 filhas Miliane Calvi Cardoso, 19, Manuela Calvi Cardoso, 13 e, enquanto elas ainda agonizavam, as estuprou. A filha mais nova, Melissa Calvi Cardoso, 10, foi morta asfixiada.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90