Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
28/11/2023 às 16h37min - Atualizada em 28/11/2023 às 16h37min

Prefeito é indiciado por tentar matar a ex e o namorado dela por não aceitar o fim do casamento

Polícia vai apurar se o prefeito teve uma rede de apoio durante os dias que ficou foragido. Polícia nega tenha feito negociações para que Naçoitan Leite se entregasse.

g1 Goiás
Naçoitan Leite, prefeito de Iporá, após prisão em Goiás — Foto: Diomício Gomes/O Popular
O prefeito de Iporá, Naçoitan Leite (sem partido) foi indiciado nesta terça-feira (28) por tentar matar a ex- mulher e o namorado dela. Segundo as investigações, ele invadiu a casa da ex usando uma caminhonete e fez uma série de disparos. O crime aconteceu porque o político não aceitava o fim do relacionamento. O casal que estava dentro do quarto não se feriu.

O g1 entrou em contato com a defesa de Naçoitan Leite, mas até a última atualização desta reportagem, não obteve resposta.

Além desses crimes, o prefeito responde por porte ilegal de arma de fogo e fraude processual, por ter furtado o equipamento de gravação de câmera de segurança da casa.“As provas do feminicídio e do homicídio tentado são explícitas. Nove tiros atravessaram a porta do quarto. Um deles atingiu a cama, outros um baú. Um dos pés da cama quebrou com um dos tiros”, disse o delegado Igor Dalmy, responsável pela investigação.

Com a conclusão dessa etapa da investigação, a polícia vai apurar se o prefeito teve uma rede de apoio durante os dias que ficou foragido.

O delegado regional Ramon Queiroz negou que a polícia tenha feito negociações com o prefeito para que ele se entregasse.


“Nenhuma diligência foi interrompida. A polícia sempre esteve em diligência, houve uma tentativa insistente em prende-lo”, afirmou.

O delegado Igor informou que não havia histórico de agressões físicas contra a ex ou contra outras mulheres. “A vítima disse que nunca foi agredida, mas já tinha sofrido algumas ofensas verbais”, contou.


A perícia não conseguiu concluir o total de disparos que foram dados pelo prefeito, mas informou que foram pelo menos 15.

Relembre o caso: 

Naçoitan Leite foi preso no dia 23 deste mês, após se entregar à polícia de Iporá, no oeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o prefeito invadiu a residência com uma caminhonete e atirou pelo menos 15 vezes contra o quarto onde a ex estava com o namorado.

Imagens de câmera de segurança mostram o momento em que o prefeito invadiu a casa com uma caminhonete, segundo a polícia.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »