09/10/2014 às 13h56min - Atualizada em 09/10/2014 às 13h56min

Escola Estadual Antônio Cristino Côrtes em debate

Lúbia G. Dutra

Em 2013 a Escola Estadual Antonio Cristino Cortes de Barra do Garças aderiu ao Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI) do MEC, que foi criado para fomentar propostas curriculares inovadoras nas Escolas do Ensino Médio. Neste ano a Escola desenvolveu o projeto “Dilemas Sociais: drogas e juventude”, cujo objetivo é sensibilizar os estudantes sobre os problemas causados pelas drogas lícitas e ilícitas.

No dia 07 de outubro de 2014, a Escola promoveu uma mesa-redonda sobre esse tema com a presença, do Promotor de Justiça, Dr. Marcos Brant Gambier Costa; do PRF Thomé Augusto Junior; do Investigador da Polícia Civil, Weldhson José Batista da Silva e do Perito Coordenador Regional da POLITEC, José da Silva.

Todos os participantes discorreram amplamente sobre o tema proposto e logo após, os alunos interagiram com os palestrantes, questionando-os sobre os aspectos legais na condução das pessoas envolvidas com as drogas, indagando também sobre quais medidas socioeducativas o Estado promove na recuperação dos envolvidos.

O Dr. Marcos Brant informou que várias ações são desenvolvidas pelo Estado, citando como exemplo o acompanhamento dos internos por psicólogos, médicos, professores, agentes socioeducadores e promotores. Cursos profissionais promovidos pelo SENAI também são colocados à disposição dos menores em conflito com a lei, que acabam encontrando uma profissão, processo indispensável na inserção social.

O projeto da Escola propõe também a produção textual nas aulas de Português e a realização de um teatro sobre drogas.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%