16/12/2011 às 10h28min - Atualizada em 16/12/2011 às 10h28min

Em 2 meses, Capital ganha duas alternativas de trânsito

Midia News
Jupirant Devillart / Secom-AL

Duas obras de desbloqueio programadas para desafogar o trânsito, com vistas a participação de Cuiabá na Copa do Mundo de 2014, tem a inauguração prevista para março de 2012.

A primeira é a duplicação da Avenida Juliano Costa Marques, localizada no bairro Bela Vista, paralela ao Pantanal Shopping Center.

Com investimento de R$ 2,4 milhões, é considerada uma rota alternativa para desafogar o fluxo de veículos dos moradores do CPA, durante as obras de implantação do VLT na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, a Avenida do CPA. A duplicação começa no bairro Bela Vista e vai até a Avenida dos Trabalhadores.

A outra obra que será inaugurada, também para desafogar o trânsito na Avenida do CPA, devido às obras do VLT, é a construção de uma ponte sobre o Córrego Gumitá.

Trata-se de uma complementação da Avenida Jurumirim, que recebeu investimento de R$ 1,2 milhão e abrange ruas do bairro CPA, interligando a Rua Tancredo Neves à Rua Dr. Ulisses Guimarães.

O anúncio da inauguração das duas obras foi feita pela cúpula da Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo), durante visita ao local, em companhia de integrantes da Comissão de Acompanhamento das Obras da Copa do Mundo da Assembleia Legislativa, composta pelos deputados Sérgio Ricardo e Wagner Ramos, ambos do PR, e Zeca Vianna (PDT).

Obras adiantadas

O secretário extraordinário da Copa do Mundo, Eder Moraes, disse que a entrega das obras de desbloqueio revela que a fase de burocracia dos projetos para a Copa do Mundo está vencida, e a população começa a perceber a melhoria da infraestrutura de Cuiabá.

"As obras serão entregues dentro do prazo, em 60 dias, o que revela o esforço em conjunto dos órgãos públicos e o comprometimento do Estado em melhorar a infraestrutura de Cuiabá, com agilidade e responsabilidade necessária que a lei exige", afirmou o secretário.

Eder Moraes também lembrou da carência de estrutura de Cuiabá para sediar um evento do porte da Copa do Mundo, para afirmar que os projetos estão em fase adiantada e, em sua opinião, em nível mais avançado que outras cidades-sedes.

"Se olhar pela obediência aos estágios de licitação e execução de projetos, somos a cidade sede mais adiantada, embora sejamos a mais carente em infraestrutura", observou.

Após a conclusão da obra, conforme Eder Moraes, o município vai ter autonomia para aplicar intervenções na obra.

"Haverá uma opção da Prefeitura em tornar essa via um binário, ou seja, transformar na Avenida dos Trabalhadores em um uma mão e parte da Avenida em outra mão, o que vai desafogar, no horário de pico, esse volume de veículos que trafegam pela Avenida do CPA", explicou.

Presidente da Comissão de Acompanhamento das Obras da Copa do Mundo, o deputado Sérgio Ricardo (PR) afirmou que está satisfeito com o desempenho das obras.

"A principal preocupação do Parlamento se referia às obras de desbloqueio, para evitar o caos no trânsito, com as obras do VLT. Percebemos o comprometimento com a qualidade dos projetos", disse o deputado.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.4%
17.2%
77.2%