01/10/2014 às 13h12min - Atualizada em 01/10/2014 às 13h12min

Jairo da Xavante tomba a canoa e desaparece no Rio das Mortes. Bombeiros efetuam buscas no local

Interessante News - Ezio Calanca Garcia - Reporter
Facebook

Aconteceu agora há pouco, por volta das 16 horas, na travessão do Hotel Fazenda, Rio das Mortes, em Nova Xavantina, com o conhecido funcionário da Viação Xavante Jairo Kaspary, que há seis anos trabalha no guichê da empresa na rodoviária do município.

Segundo as primeiras informações, Jairo passeava de barco com sua Mãe, quando a canoa tombou, na altura do travessão. Ambos teriam lutado para se salvar, tendo sua mãe várias vezes segurado a sua mão e puxado, porém sem conseguir trazê-lo, no que ele mesmo teria pedido a sua Mãe que o soltasse, para se salvar.

A luta teria sido grande, até que ela conseguiu se agarrar na tampa de uma caixa de isopor, e chegado até o hotel, quando pediu socorro aos proprietários, que entraram em contato com o Corpo de Bombeiros e com a Viação Xavante.

No momento em que escrevemos, os bombeiros dão buscas no local, onde também se encontram Haroldo -atual proprietário do guichê da empresa na rodoviária- e outros funcionários da Viação Xavante.

Parentes e amigos passaram mal com a notícia, tendo necessidade de receber cuidados médicos no hospital municipal, como a sua namorada, que está em estado de choque.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%