13/12/2011 às 09h28min - Atualizada em 13/12/2011 às 09h28min

Ponte de madeira corre o risco de cair e isolar Araguaiana

Olhar Direto
Ronaldo Couto

A ponte sobre o córrego Lajinha, na MT 100, pode cair a qualquer momento e deixar a cidade de Araguaiana isolada de Barra do Garças, a 503 km de Cuiabá. Se a ponte realmente cair, a população de Araguaiana terá como saída voltar 180 km na MT 100 até Cocalinho ou atravessar de balsa para o estado de Goiás. Carros e caminhões trafegam com dificuldade. Motos e bicicletas ainda estão passando.

As pranchas da ponte estão podres e se soltando. Na manhã desta segunda-feira (12) um carro oficial da prefeitura de Araguaiana teve grande dificuldade para passar pelo córrego do Lajinha. Um caminhão que seguia de Barra do Garças para Araguaiana, teve que improvisar um remendo na ponte para conseguir ultrapassá-la.

O risco de desabamento aumentou nesse final de semana porque mais duas pranchas caíram dentro do córrego. Os motoristas reclamam da passividade das prefeituras de Barra do Garças e Araguaiana, que preferem culpar o Estado do que ajudar na fiscalização e manutenção das estradas e pontes da região.

Há duas semanas atrás, um caminhão de refrigerantes ficou preso na ponte do Pitomba no km 15 da MT por causa de um prancha que quebrou. Um remendo foi feito, porém a ponte não oferece segurança aos motoristas. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
17.0%
77.2%