09/12/2011 às 15h53min - Atualizada em 09/12/2011 às 15h53min

Dnit garante empenho de R$ 20 milhões para contorno viário em Barra do Garças

Notícias NX
Reprodução

Uma articulação política do coordenador da bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional, deputado federal Wellington Fagundes (PR), no Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) assegurou empenho de R$ 20 milhões para o contorno viário que vai beneficiar os municípios de Barra do Garças, Pontal do Araguaia (MT) e Aragarças (GO).

A publicação do empenho foi confirmada pelo diretor geral do Dnit, Jorge Ernesto Pinto Fraxe, em reunião ocorrida hoje (8/12) com o governador Silval Barbosa (PMDB), o senador Blairo Maggi (PR) e o próprio Fagundes.

O contorno viário, ressalta o deputado republicano, é fundamental para que os três municípios tenham o "trânsito liberado das centenas de caminhões e carretas", que trafegam diariamente pelas principais vias.

De acordo com Silval Barbosa, a obra está estimada em R$ 70 milhões. Deste total, 70% será financiado pelo Dnit e outros 30% pelo governo do Estado. "Com estes recursos serão construídas duas pontes, uma sobre o rio Graças e outra sobre o rio Araguaia", pontuou o governador.

Fagundes informou que está articulando a proposição de uma emenda de bancada no Orçamento Geral da União 2012 para destinar, pelo menos, R$ 40 milhões para o empreendimento. O projeto de construção do contorno rodoviário para desafogar o trânsito teve início há mais de 10 anos por meio de emenda parlamentar de Fagundes.

“Estamos lutando há muito tempo para que a construção do contorno recomece; ela sofreu modificação de seu traçado e há poucos meses teve a aprovação do projeto ambiental. Agora com o empenho de R$ 20 milhões estamos na expectativa que a retomada das obras aconteçam em abril, com a construção de duas pontes, a obra irá ser concluída em 2 ou 3 anos”, comentou.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
17.0%
77.2%