23/08/2014 às 18h11min - Atualizada em 23/08/2014 às 18h11min

Dnit fiscaliza excesso de peso em rodovias de Barra

Semana 7
Semana 7

Dois agentes da Área de Operações Rodoviárias do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, de Mato Grosso (Dnit) e mais quatro homens da contratada Serviços Técnicos de Engenharia S/A (STE) realizam no dia 21, o trabalho de prevenção de excesso de peso em veículos de nove eixos (caminhões), através de uma balança móvel na altura da Coca-Cola, em Barra do Garças.

A operação, segundo disse o agente Vasconcelos, começou nas rodovias do estado em 12 de agosto e tem seu término está previsto para o final do mês.

Na região a operação se restringe às rodovias 070 e BR 158. Os caminhões abordados fazem transportes de grãos do Vale do Araguaia para Minas Gerais, aos portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR), terminal ferroviário de Alto Araguaia (MT) e Canal de São Simão, em Goiás.

A equipe, segundo disse Vasconcelos, aborda em torno de 25 carretas por dia. O máximo de peso tolerado por cada uma delas é de 74 toneladas. “No transporte de grãos é difícil se adequar a esse peso bruto, mas não há excesso até o momento”, disse o agente e acrescentou que se isso acontece “faz-se o transbordo para retirar o excesso de peso”.

Essa medida de controle de peso no transporte de carga feito pelo Dnit é essencial para a conservação das estradas, uma vez que o excesso danifica o pavimento.

Apesar desse controle rigoroso há exceções e Vasconcelos cita que algumas semanas atrás, em Cáceres (MT), foi feito o transporte de 96 toneladas de um rotor que aportou naquela cidade pelo Rio Paraguai de onde seguiu por estrada até a Usina de Teles Pires, em fase de construção, em Mato Grosso.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%