20/08/2014 às 12h59min - Atualizada em 20/08/2014 às 12h59min

PM prende rapaz acusado de roubar carros em frente à Unic

Agencia da Noticia com Mídia News
Reprodução

Policiais militares prenderam L.F.S., de 19 anos, acusado de roubar um Gol vermelho, em frente à Universidade de Cuiabá (Unic), na Avenida Beira-Rio, na Capital.

Ele é suspeito de outros assaltos na região da instituição de ensino.

A prisão ocorreu por volta das 22 horas de segunda-feira (18), no bairro São Mateus, em Várzea Grande, cerca de três horas após o assalto.

Ele dirigia o carro e parou no pátio de um posto de combustível, na Rodovia dos Imigrantes, quando chegou a viatura da PM.

Ao perceber a aproximação da viatura, o rapaz abandonou o carro e tentou fugir a pé, pulando vários muros, mas acabou preso.

Na checagem do veículo, os PMs descobriram que o Gol tinha sido roubado horas antes, em Cuiabá.

A dona do carro foi localizada e reconheceu L. como sendo a pessoa que roubou o carro.

Conforme a proprietária, ela parou o carro para deixar o filho na faculdade e, em dado momento, foi rendida pelo suspeito, que estava armado com um revólver e ameaçou atirar, caso ela reagisse e não entregasse as chaves.

“Naquele momento, pensei que fosse até uma brincadeira, mas o assaltante falou grosso, mostrou o revólver e ameaçou atirar”, relatou a vítima.

Em seguida, o assaltante fugiu em alta velocidade. Horas depois, no bairro, moradores denunciaram o carro, pois havia a suspeita de que os ocupantes poderiam praticar um assalto.

“As placas foram anotadas e repassadas. Assim que localizamos o carro, descobrimos que era, de fato, roubado”, explicou um policial.

Ao fazer a apreensão do Gol, os policiais descobriram que o carro estava com avarias mecânicas. A proprietária teve que guinchar o veículo.

Os policiais acrescentaram que, em novembro do ano passado, L.F.S. foi preso sob suspeita do roubo de uma motocicleta. Na ocasião, teria usado o dedo como revólver. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%