14/08/2014 às 13h00min - Atualizada em 14/08/2014 às 13h00min

Homem morto após "arrastão" em uma clínica médica

Agencia da Noticia com Mídia News
Reprodução/Ilustração

 Um suspeito de participar de um arrastão uma clínica médica, no centro de Várzea Grande, foi preso por policiais militares ,após a localização de um celular com rastreador, levado durante o assalto.

A.M.L., de 21 anos, foi preso no bairro Nova Várzea Grande, onde os PMs tiveram a ajuda do helicóptero para localizar o suspeito.

Ele agiu em companhia de um cúmplice, que conseguiu escapar ao cerco.

A prisão ocorreu na terça-feira (12), por volta das 15 horas.

Além do celular, os policiais apreenderam uma motocicleta Honda Fan 125 preta, usada no assalto, ocorrido na ua Miguel Leite, próximo ao cemitério.

Segundo os policiais, o rastreador do celular apontou a localização do suspeito, que tentou fugir, mas acabou detido.

Na sacola que ele carregava, os PMs encontraram vários objetos roubados, incluindo o celular.

O responsável pela clínica reconheceu o suspeito como sendo um dos dois assaltantes que invadiram o recinto, rendendo oito pessoas, entre clientes e funcionários.

Conforme as vítimas, os dois chegaram se passando por clientes e, em dado momento, um dos ladrões sacou um revólver e tomou dinheiro do caixa, além de celulares e outros pertences.

As vítimas foram trancadas no banheiro e, antes de fugirem, os ladrões reviraram toda a clínica, em busca de mais produtos.

Na delegacia, o suspeito não só confirmou a participação no assalto, como forneceu detalhes.

Usuário de drogas, ele contou que encontrou o cúmplice na rua e combinaram fazer um assalto.

“Eu fiquei de pilotar a moto. Cheguei a descer e entrei no local, mas me arrependi. Voltei para a moto e a gente fugiu”, disse o assaltante, que afirmou não saber o nome do cúmplice.

Autuado por roubo, ele será encaminhado para a Cadeia Pública de Várzea Grande. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%