08/12/2011 às 19h33min - Atualizada em 08/12/2011 às 19h33min

Homem que matou jovem por causa de 900,00 pega 16 anos de cadeia

Olhar Direto
Olhar Direto

O homem acusado de matar um jovem por causa de uma dívida de 900,00 referente a venda de drogas na região do Araguaia, foi submetido ao Júri Popular terça-feira (6) e condenado a 16 anos de reclusão. Antônio João do Nascimento confessou o assassinato de André Luís Ferreira Cabral, 23 anos, com um tiro no peito. O crime aconteceu em Aragarças-GO, divisa com Barra do Garças, no dia 13 de fevereiro deste ano.

O caso ganhou repercussão, porque, segundo o relato de testemunhas, o rapaz teria sido baleado dentro do bar-boate Point da Gelada, retirado do local ainda vivo e sido colocado no canteiro central da avenida em frente àquela casa. Os bombeiros ainda tentaram socorrer a vítima, que acabou morrendo a caminho do hospital.

O motivo da briga entre vítima e acusado, segundo Antônio, seria por causa de uma dívida de 900,00, que o jovem tinha com ele. Antônio informou que depois de atirar no rapaz, jogou a arma do crime dentro do rio Araguaia. Demonstrando arrependimento pelo que fez, o acusado se entregou cinco dias após o homicídio e aguardava o julgamento atrás das grades.

Um segundo homicídio voltou acontecer no Point da Gelada, em setembro, quando o funcionário da Friboi, Jocimar Amorim Matos, 26 anos, foi baleado após uma briga com menores por causa de uma cantada. Na delegacia, os menores disseram que a vítima teria cantado a namorada de um deles. Posteriormente os menores foram soltos alegando que autor do crime teria sido Alisson da Silva que continua preso.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.5%
17.2%
77.0%