Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
05/01/2023 às 10h36min - Atualizada em 05/01/2023 às 10h36min

Jovem é preso em cidade do Araguaia acusado de estuprar e espancar menina de 13 anos

O caso veio à tona através de denúncia anônima em Vila Rica na segunda-feira (02).

Um jovem de 20 anos foi preso na zona rural de Vila Rica (1.259 km de Cuiabá), na segunda-feira (02), por estuprar e agredir uma adolescente de 13 anos, depois de agredir o próprio pai, de 63 anos. Há suspeitas de que a adolescente tenha engravidado dele. 

Segundo informações da Polícia Militar, o caso veio à tona através de denúncia anônima. Narra a ocorrência que o jovem estaria mantendo relações sexuais e agredindo uma adolescente, inclusive que a mantinha morando na casa com seu pai, de 63 anos, que também sofria agressões por parte do rapaz. Na denúncia, a testemunha ainda conta que o homem é usuário de drogas. 

Aos policiais, o pai do agressor contou que naquele dia o filho teria usado entorpecentes e se exaltado, quebrando móveis da casa e o agredindo. Ainda segundo ele, agressões e ameaças eram frequentes, tanto contra ele, quanto contra a menor, com quem o jovem mantinha relação "de marido e mulher". 

O pai contou que não havia denunciado o filho por medo, uma vez que o rapaz é muito violento e por diversas vezes o ameaçava de morte. "Essa casa é minha e ninguém me tira, senão eu te mato. Eu vou te matar" e "Vou quebrar você no pau", eram frases que frequentemente ditas pelo bandido. 

Durante a conversa com os policiais, a adolescente saiu do interior da casa, se identificando como companheira do agressor. Além de confirmar que mantinha relações sexuais com o rapaz e que, inclusive, dormiam juntos, a menor alegou que poderia estar grávida.

Ao ser questionada sobre as agressões do companheiro, a adolescente confirmou que também era vítima de agressões físicas e verbais. Ainda de acordo com seu relato, o jovem teria cortado seu cabelo após uma crise de ciúmes e dito que aquilo era "um castigo para ela aprender". 

Rondas foram realizadas a fim de localizar o rapaz, que estava escondido em uma casa abandonada. Ao resistir à prisão, foi utilizado spray de pimenta e algemas para contê-lo, encaminhando-o para a delegacia em seguida. Ele deve responder pelos crime de estupro de vulnerável, ameaça, resistência e desobediência. 

Os pais biológicos da adolescente foram localizados e confessaram saber do relacionamento da filha com o agressor. O caso está sob investigação.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90