07/08/2014 às 07h57min - Atualizada em 07/08/2014 às 07h57min

Vereadores realizam sessão mais rápida do Brasil com duração de dois minutos

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia

Os vereadores de Aragarças-GO entraram para história com a realização da sessão mais rápida do país com duração de dois minutos na segunda-feira, dia 4/8. 

O que deveria ser a primeira sessão ordinária após o recesso de julho não deu nem tempo para alguns vereadores se agasalharem nas cadeiras. O presidente Dulcindo Figueiredo dos Santos (PDT) abriu os trabalhos do legislativo: “Declaro aberto a sessão...”.

Na seqüência Duda olhou para o secretário responsável pela leitura dos expedientes e projetos e sem nenhuma matéria protocolada decidiu encerrar os trabalhos. “Declaro encerrado a presente sessão”.

O encerramento da sessão de dois minutos provocou polêmica entre os vereadores com alguns alegando que apresentaram matérias. O vereador Osmar Resende, da bancada do prefeito Aurélio Mendes, criticou a postura de Duda e disse que o presidente está agindo como ‘ditador’ na Câmara Municipal.

Duda explicou pela imprensa que não havia matérias protocoladas e por isso agiu desta forma. A reportagem do Araguaia Notícia tentou entrar em contato com o vereador Duda após essa sessão por telefone e ele não retornou o contato telefônico para dar mais explicações.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%