Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
22/11/2022 às 15h30min - Atualizada em 22/11/2022 às 15h30min

Polícia Civil cumpre mandado de busca em escritório de advocacia em Barra do Garças

Advogado estaria supostamente envolvido em um saque de alvará judicial de uma pessoa falecida, no valor de R$ 2,4 milhões.

Araguaia Notícia
ARAGUAIA NOTÍCIA com Assessoria PJC-MT

Um mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela Justiça do Estado de Alagoas foi cumprido pela Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá), na segunda-feira (21.11).

A ação foi realizada em apoio à Polícia Civil de Alagoas, que investiga o escritório de advocacia em Barra do Garças, onde um advogado estaria, supostamente, envolvido em um saque de alvará judicial de uma pessoa falecida, no valor de R$ 2,4 milhões.

Durante cumprimento da ordem judicial foram apreendidos celulares e diversos documentos. As buscas foram acompanhadas pela Comissão de Garantias e Prerrogativas da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil.

Conforme o delegado adjunto da Derf de Barra do Garças, Joaquim Leitão Junior, as investigações apontam que o advogado junto com outros indivíduos, emitiram notas promissórias frias em nome de uma pessoa falecida que possui grandes valores, para ingressarem com uma ação de execução.

“Tempos depois, em hipotética simulação com outro advogado do espólio transacionaram aproximadamente R$ 2,4 milhões da pessoa falecida, sendo que somente depois os herdeiros deram falta dos valores”, completou o delegado.

Após o trabalho operacional, os objetos apreendidos no endereço alvo em Barra do Garças serão encaminhados à Polícia Civil de Alagoas, para análises e continuidade das investigações.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90