Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
16/11/2022 às 08h28min - Atualizada em 16/11/2022 às 08h28min

Vídeo mostra assalto em fazenda; ladrão morreu em confronto com PM

A tentativa de roubo aconteceu na manhã de segunda, em Poconé; Força tarefa localizou e prendeu os outros dois

Midia News
ARAGUAIA NOTÍCIA
Um homem ainda não identificado morreu em confronto com a Polícia Militar após tentar assaltar uma fazenda em Poconé (a 102 quilômetros de Cuiabá), junto de dois comparsas, na manhã de segunda-feira (14). A invasão foi registrada por uma câmera de segurança que mostra as vítimas sendo rendidas.
 
Conforme o boletim de ocorrência, a fazenda está localizada em uma comunidade conhecida como Jacundá, e foi invadida nas primeiras horas da manhã por três homens armados.
 
Um casal de idosos foi rendido e o vizinho, ao perceber a movimentação, interveio gritando com os assaltantes e depois acabou perseguido por eles.

O trio atirou duas vezes contra a testemunha e depois, conforme o boletim de ocorrência, fugiu para uma região de mata.
 
Em um vídeo que circula nas redes é possível ver a invasão dos criminosos à fazenda e as vítimas sendo rendidas.
 
“Teve um assalto aqui na fazenda de cima, vizinho meu. Eu ouvi o grito do velho, gritou muito feio, ai eu corri lá e cheguei perto e desandei a gritar para que eles largassem o velho. Cambada de bandido, vagabundo”, diz um homem narrando o vídeo.
 
O homem segue, dizendo que a trio soltou as vítimas, mas acabaram partindo para cima dele. “Correram atrás de mim, eu atravessei a minha casa e desci pras bandas do curral e me escondi. Eles deram uns tiros em mim, mas não pegou”.
 
Os militares do Bope, Força Tática, PRF e Ciopaer, em ação conjunta, fizeram um cerco na região para conseguir localizar os criminosos. 
 
Em certo momento, conforme a Polícia Militar, os assaltantes dispararam contra os militares, que revidaram a agressão.
 
Um deles ficou ferido durante a troca de tiros e foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Várzea Grande. O homem não resistiu e faleceu na tarde desse mesmo dia.
 
Os outros dois suspeitos foram localizados e presos. Um deles era monitorado por meio de tornozeleira eletrônica, no entanto, o equipamento estava desligado desde o dia 7 de julho deste ano. 
 
Veja:

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90