Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
04/11/2022 às 09h19min - Atualizada em 04/11/2022 às 09h19min

Polícia apura quem fez a lista de comerciantes "esquerdistas" em Barra do Garças e promete punir autores

Lista circula desde a semana anterior ao segundo turno das eleições presidenciais

Araguaia Notícia
com informações do Semana7
Os autores da lista de comerciantes que supostamente seriam de esquerda e que está circulando por grupos de Barra do Garças e região serão alvos de investigação da Polícia Civil. A criação desse tipo de listas se configura, legalmente, como ato discriminatório, bullying político (violência política), assédio eleitoral e pode haver responsabilização cível e criminal.

A lista, que circula desde a semana anterior ao segundo turno das eleições, conta com comerciantes e prestadores de serviços dos mais variados segmentos. Ainda, na mensagem é sugerido que seja realizado um boicote a esses comerciantes.

Ainda, de acordo com Lei nº 1.802, de 5 de janeiro de 1953, prevê no Art. 15 ser PROIBIDO, “Incitar publicamente ou preparar atentado contra pessoa ou bens, por motivos políticos, sociais ou religiosos”.

Um dos citados da lista, um advogado, entrou com uma denúncia na delegacia de Polícia Civil, bem como uma representação na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Além disso, ele ressaltou que a OAB vai trabalhar para que a população não sofra retaliações pelo posicionamento político.

Nota da CDL

A  Câmara de Diretores Lojistas de Barra do Garças (MT), Aragarças (GO) e Pontal do Araguaia (MT) emitiu uma nota pública no início da semana repudiando a lista, bem como se mostrando contrária a intenção de alguns comerciantes de fecharem o comércio em um protesto contra o resultado das eleições. Veja


 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90