Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
18/10/2022 às 14h54min - Atualizada em 18/10/2022 às 14h54min

Polícia Civil prende 3 suspeitos de participação em roubo seguido de morte em Primavera do Leste

Três homens investigados pela participação em um crime de latrocínio ocorrido no último dia 10 de outubro em Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá) tiveram mandados de prisão temporária cumpridos pela Polícia Civil, na segunda-feira (17.10), em ação conjunta da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município. 

Os suspeitos, de 29, 35 e 47 anos, tiveram os mandados de prisão decretados pela 2ª Vara Criminal de Primavera do Leste com base em investigações da Polícia Civil, sendo identificados como as últimas pessoas a estarem com a vítima.

O corpo da vítima, Thiago Silva dos Santos, de 24 anos, foi localizado já sem vida, em uma residência em construção no bairro Poncho Verde. A vítima, que estava morando no local há poucos dias, foi executada com instrumento contundente, apresentando ferimentos na cabeça, e teve o seu aparelho celular e a carteira com o salário do mês foram subtraídos. 

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para identificar e prender os envolvidos no crime com características de roubo seguido de morte. Durante os trabalhos, os policiais conseguiram identificar os autores do crime, que teriam passado a noite ma companhia da vítima antes de executá-la, tendo inclusive postado fotos em redes sociais juntos. 

Os suspeitos e testemunhas foram ouvidos e apresentaram versões diferentes sobre o que teria ocorrido no dia dos fatos. 

Diante das evidências e com o objetivo de esclarecer os fatos e a motivação do crime, o delegado Allan Vitor Souza da Mata, representou pela prisão temporária dos suspeitos, que foi deferida pela Justiça e cumprida nesta segunda-feira (17), pelos policiais da DHPP e da Derf de Primavera do Leste. 

“Nas oitivas, foram omitidas informações relevantes, sobretudo, sobre quem foram as últimas pessoas a estarem com a vítima, a qual, e o que pode ter sido a motivação de sua morte. As investigações seguem em andamento para esclarecer as reais circunstancias do fato e a motivação do crime”, disse o delegado.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90