27/07/2014 às 17h57min - Atualizada em 27/07/2014 às 17h57min

PM prende quadrilha que roubava carros para exigir resgate

Adilson Rosa/Mídia News
Divulgação

Policiais militares prenderam cinco suspeitos – sendo duas mulheres e dois adolescentes - de participar do roubo de um Polo prata, na noite da última sexta-feira (25), próximo ao Restaurante Popular no centro de Várzea Grande.

Os suspeitos foram localizados numa residência na rua Sarita Baracat, no bairro Ponte Nova. O carro roubado e que seria usado para extorquir a vítima, exigindo resgate para devolvê-lo, estava estacionado em frente a casa.

A prisão ocorreu na tarde deste sábado (26). Além do carro, os policiais apreenderam 30 trouxinhas de pasta-base de cocaína.

Na Central de Flagrantes, dois maiores, J.K.S, de 18 anos, e J.W.S, de 22 anos, foram presos por receptação.

Os dois negaram saber que se tratava de um carro roubado, colocando a culpa no menor que havia chegado com o automóvel há algumas horas.

Um adolescente de 15, reconhecido no assalto, foi detido por tráfico. As duas garotas foram liberadas. Elas alegaram que foram apenas visitar os rapazes.

Conforme os PMs, eles receberam denúncia de que um carro roubado estava estacionado em frente a uma residência. Assim que se aproximaram, dois suspeitos tentaram fugir pelos fundos, mas foram detidos.

A vítima foi localizada e reconheceu um dos adolescentes como autor do roubo. O dono do Polo relatou que espera a mãe quando foi rendido por três rapazes, e levado como refém.

De lá, foi abandonado próximo ao trevo da entrada do bairro Coophamil. Os ladrões levaram seu celular e cerca de uma hora depois, entrou em contato com os bandidos que desejavam extorqui-lo, exigindo pagamento para devolver o carro.

Após receber várias ligações de número restrito, o assaltante enviou-lhe uma mensagem. Ele anexou o número ao aplicativo WhatsApp e reconheceu o assaltante através da foto que foi repassada a policiais militares.

Com a prisão dos suspeitos, os policiais acreditam que novas vítimas deverão aparecer. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.4%
24.3%
1.4%